Olhar Jurídico

Segunda-feira, 06 de abril de 2020

Notícias / Previdenciário

OAB-MT vai a Brasília para primeiro ato nacional contra a reforma da previdência

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

14 Mar 2017 - 08:23

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

OAB-MT e membros da OAB nacional

OAB-MT e membros da OAB nacional

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT) está em Brasília nesta terça-feira (14) para participar do ato “Por uma Proposta Justa de Reforma Previdência – Não à PEC 287/2016”, promovido pelo Conselho Federal da OAB, com mais de 160 entidades de todo o país.

Leia mais:
Reforma da previdência de Temer é "cruel e absurda", diz vice-presidente na OAB-MT; veja entrevista


De acordo com a Ordem, os representantes da advocacia mato-grossense se reúnem às 14h, na sede da OAB, em Brasília, e seguem para o Congresso Nacional para a entrega da Carta Aberta sobre a Reforma da Previdência aos parlamentares.
 
A proposta da OAB é de que se suspenda a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016 até que se discuta amplamente com a população, com audiências públicas e análise de estudos econômicos, atuariais e demográficos completos, debatendo o tema de forma transparente.

Vice-presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OAB-MT, Jonas Albert Schmidt, que concedeu entrevista ao Olhar Jurídico sobre o tema, destacou a importância da informação neste momento e a cobrança de posicionamento dos deputados. 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • mayara
    09 Jul 2019 às 16:56

    OAB LIXO!!!!

  • Valdemir Antonio Chimescki
    28 Mar 2017 às 18:21

    Q bom q alguém vai fazer alguma coisa o Brasil devia parar p mostrar a força d povo

Sitevip Internet