Olhar Jurídico

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Eleitoral

Julgado inelegível pelo TRE, Jajah se diz vítima de 'maldosos' e promete continuar campanha

Da Redação - Vinicius Mendes

18 Set 2018 - 10:03

Foto: Reprodução

Julgado inelegível pelo TRE, Jajah se diz vítima de 'maldosos' e promete continuar campanha
O suplente de deputado Jajah Neves afirmou que a decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), desta segunda-feira (17), que negou seu pedido de registro de candidatura e o deixou inelegível por oito anos, não afetará em nada sua campanha. Jajah disse que vai continuar pedindo votos e que seus advogados ainda irão entrar com muitos recursos. Ele ainda afirmou que adversários têm tentado confundir seus eleitores.
 
Leia mais:
Por unanimidade, TRE mantém inelegibilidade de Jajah Neves por oito anos
 
Em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), durante Sessão Plenária desta segunda-feira (17), o suplente de deputado Jajah Neves teve negado seu pedido de registro de candidatura e ficará inelegível por oito anos.

Jajah teve seu mandato cassado em agosto pela distribuição de santinhos contendo a foto de Jajah e seu irmão Ademar, induzindo o eleitor ao erro na disputa que elegeu Adermar Jajah. Os juízes reconheceram abuso de poder político por parte de Jajah Neves.

Ele então compartilhou um vídeo nas redes sociais, afirmando que a decisão do TRE não irá afetar em nada sua candidatura a deputado estadual em Mato Grosso e que irá continuar a pedir votos.

“Existem muitos recursos a serem feitos, muitas coisas a serem trabalhadas, o nosso corpo jurídico está cuidando de todo este departamento, e eu volto a reafirmar para vocês, continuo candidato a deputado estadual”, disse.

Jajah ainda afirmou que adversários têm tentado confundir os eleitores dele, porque teriam percebido que ele iria ser eleito.

“Muita gente tenta confundir a cabeça do meu eleitor, adversários, pessoas maldosas, tentam desconstruir a nossa candidatura porque já perceberam que nós vamos ganhar as eleições, nós temos o apoio do povo, das pessoas, quem conhece de verdade a nossa luta sabe muito bem da nossa história, e sabe que desta vez nós vamos ganhar as eleições”.

 

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • raul 01
    18 Set 2018 às 15:50

    "Muita gente tenta confundir a cabeça do meu eleitor", o sr também tentou confundir a cabeça dos eleitores quando colocou a sua foto no material de campanha do seu irmão. Então está empatado.

  • Allan Cardell
    18 Set 2018 às 13:21

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jackson
    18 Set 2018 às 12:59

    Colocou a foto no santinho do irmão!!! Sabe nada inocente!!

  • Flavio
    18 Set 2018 às 12:18

    Se está inelegível, quem pretende votar nele estará desperdiçando o voto. Não jogue fora sua escolha. Vamos pensar bem em quem vamos colocar na AL.

  • Um ser insignificante, politico medríocre!!
    18 Set 2018 às 12:12

    Sem comentários!!!

  • jose alves silva
    18 Set 2018 às 11:55

    recorre ao tse candidato é o seu direito tem muitos corruptos que estão ai candidatos muitos até que foram pegos pegando dinheiro no governo corrupto passado.

  • Reinaldo
    18 Set 2018 às 11:16

    Já vai tarde mt merece coisa melhor.

  • Maria
    18 Set 2018 às 11:11

    Já Já Deu Foorraa

  • Usa a foto do tiririca dessa vez!
    18 Set 2018 às 11:04

    Usa a foto do tiririca dessa vez !!!

  • Lucinha
    18 Set 2018 às 10:46

    Eu não gosto desse homem. Ele afronta até os tribunais e isso é inaceitável.

Sitevip Internet