Olhar Jurídico

Segunda-feira, 24 de junho de 2019

Notícias / Civil

Ministério Público abre inquérito para investigar problemas estruturais no Parque Tia Nair

Da Redação - Arthur Santos da Silva

01 Mai 2019 - 10:01

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Ministério Público abre inquérito para investigar problemas estruturais no Parque Tia Nair
O promotor de Justiça Roberto Aparecido Turin, do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), instaurou inquérito civil para investigar suposto ato de improbidade na administração do Parque Tia Nair, em Cuiabá. O ato tem como base problemas estruturais apresentados. O objetivo é descobrir se há dilapidação do bem público.

Leia também 
Após três anos de inauguração, Parque Tia Nair sofre com problemas estruturais

 
Conforme portaria assinada no dia 12 de abril, notícia de fato enviada de forma eletrônica ao MPE descreveu falta de água nos bebedouros e banheiros. 
 
A reportagem do Olhar Direto esteve no local e constatou problemas estruturais aguardando reparos. Além de falhas nos banheiros, problemas na área do mirante, no pedalinho e na pista de caminhada foram flagrados (veja aqui fotos e mais informações).
 
O local atualmente é administrado pela empresa cuiabana ZF Xperience. A notificação, no entanto, foi feita somente à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo requisitando informações quantos às providências adotadas para sanar irregularidades na área de lazer. 

Logo que resposta for encaminhada pelo Poder Executivo, haverá decisão sobre o futuro do inquérito.
 
O parque
 
Inaugurado em dezembro de 2015, a área de 20 hectares chega a receber diariamente cerca de 5 mil pessoas. Fruto de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Ministério Público, através da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, o parque possui uma ampla área com lago, playground, academia ao ar livre, pista de caminhada, tirolesa e pedalinho.

(Colaborou ​Vitória Lopes)
 

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eduardo
    02 Mai 2019 às 09:01

    quanta dificuldade existe para manutenção de um bem público... espera-se acabar a coisa para poder tomar uma providência... diariamente estou no Parque Tia Nair e vejo que esta cada vez mais se deteriorando, coisa que podia ser evita por uma simples manutenção ex. lixeiras quebradas, luminárias queimadas, caixas de energia danificadas acumulando água causando risco de curto, bebedor que não funciona etc... ainda por cima no mês passado tinha um circo instalado ao lado da pista de caminhada com enormes carretas estacionadas danificando o canteiro e grama do local. A pergunta que se faz é como se autoriza um circo a se instalar em um local público, utilizando de suas instalações sem se cobrar nada por isso... resumindo o Parque esta totalmente abandonado isso é uma pena pois o que falta é manutenção preventiva para não deixar acabar o bem público e posteriormente se gastar mais para "recuperar"

  • Bóbó chera chera
    02 Mai 2019 às 08:30

    SEM AGUA ESSE PARQUE SEMPRE FOI!!

  • Juca Pirama
    02 Mai 2019 às 08:10

    Todas as obras que não primam pela qualidade, sempre serão uma imagem do desperdício e do mau uso do dinheiro público, seria necessário investigar o gestor desta e de outras obras que se deterioraram com tão pouco tempo de uso, tal qual as obras da orla no porto e tantas outras. Pobre cidade de Cuiabá e estado de Mato Grosso, vive sendo vilipendiada por seus péssimos gestores.

  • Rodrigo
    01 Mai 2019 às 18:36

    Esse parque esta destruido no modo geral, perigo para sociedade....

  • Marcos Samaro
    01 Mai 2019 às 14:40

    Esse MPE é ridículo. Vamos trabalhar gente, falta do que fazer né! Haja paciência

  • Walking dead
    01 Mai 2019 às 12:58

    Sou frequentador do Parque ha muitos anos. No início estava tudo zerado, equipamentos de ginástica, ponte mirante etc. Mas foi desgastando e estragando com o tempo e nunca houve nenhuma manutenção. Realmente agora está tudo deteriorado e estragado. É uma pena pois é um local bonito e agradável, frequentado por muitas pessoas. Tem que acionar os responsáveis para resolver isso.

  • Carmindo
    01 Mai 2019 às 12:49

    Mais uma obra do nosso atual governador . Assim como a orla , estrada do moinho, córrego 08 de abril e muitas outras . Agora no governo vamos ver seu desempenho.

Sitevip Internet