Olhar Jurídico

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Eleitoral

Tribunal Eleitoral aguarda respostas ao recurso de Selma e questiona entrada de diretório no caso

Da Redação - Arthur Santos da Silva

13 Mai 2019 - 09:52

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Tribunal Eleitoral aguarda respostas ao recurso de Selma e questiona entrada de diretório no caso
O desembargador Sebastião Barbosa Farias determinou no dia 7 de maio que as partes no processo responsável por cassar a senadora Selma Arruda (PSL) se manifestem se concordam sobre o ingresso do diretório nacional do PSL como parte interessada.
 
Leia também
Selma ingressa recurso no TRE para questionar cassação


O diretório nacional do PSL tenta auxiliar a juíza aposentada. A expectativa é reverter a decisão. Um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, o também senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), se manifestou prometendo ajudar. Selma Arruda é considerada um dos mais importantes quadros do PSL, atuando na base do presidente.
 
A mesma decisão que questiona sobre o diretório nacional manda intimar o ex-vice-governador, Carlos Fávaro, o ex-candidato ao cargo de senador, Sebastião Carlos, para saber se pretendem rebater o recurso de Selma (embargos de declaração).
 
O colegiado cassou por unanimidade a senadora em sessão realizada no começo de abril. Ela é acusada de ter praticado caixa 2 e abuso de poder econômico durante a pré-campanha e campanha eleitoral.
 
Além de Selma, são acionados no processo os suplentes Gilberto Eglair Possamai e Clérie Fabiana Mendes. A senadora é acusada de ter contratado de forma irregular uma agência para serviços de publicidade de campanha antes do período autorizado pela legislação eleitoral. 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dandares Pedrosa
    13 Mai 2019 às 18:35

    Selma será esquecida igual Lula.

  • Telemaco Seixas
    13 Mai 2019 às 15:44

    Xau querida...

  • Cuiabano de Poconé
    13 Mai 2019 às 15:23

    Kkkk.. tive que rir do Areal e concordar. Verdade, o mito arrota moralidade... kkkk.. a Selma, pra manter a tal moralidade da nova política, que o Bozo sabe o que é mas não sabe explicar, devia renunciar logo, pra gente acreditar que o partido dela não é de velha política. Mas temos certeza que são de velha política sim.

  • Areal
    13 Mai 2019 às 10:40

    Os abutres não querem deixar ela sozinha ..justo o Mito que tanto arrota moralidade.

Sitevip Internet