Olhar Jurídico

Terça-feira, 18 de junho de 2019

Notícias / Criminal

Audiência mantém prisão e empresário acusado de agredir companheira dorme no CCC

Da Redação - Arthur Santos da Silva

23 Mai 2019 - 10:51

Foto: Olhar Direto

Audiência mantém prisão e empresário acusado de agredir companheira dorme no CCC
O empresário Breno Pereira Alves foi mantido preso em decisão estabelecida na audiência de custódia realizada durante a noite de quarta-feira (22). Ele é acusado de agredir e manter em cárcere privado a filha do ex-secretário de Estado, Luiz Antonio Pagot, V.O.P.
 
Leia também
Empresário acusado de espancar filha de ex-secretário se apresenta a polícia; vídeo


Conforme informações do advogado Geovane Santin, responsável pela defesa, Breno foi encaminhado ao Centro de Custódia da Capital (CCC). Possível recurso para revogação da prisão ainda é estudado.
 
O acusado se apresentou na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, em Cuiabá, no final da tarde de quarta-feira (22). Ele chegou ao local por volta das 16h, acompanhado do defensor.
 
Breno teve mandado de prisão preventiva expedido segunda-feira (20). Consta do boletim de ocorrências que os dois namoraram durante um ano, mas estavam separados há seis meses.
 
Porém, no dia 4 de maio deste ano, o empresário entrou em contato, marcando um encontro. Os dois foram até a casa do acusado. Segundo o boletim de ocorrência, quando a mulher pediu para ir embora, o empresário se irritou e começou a espancá-la. 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet