Olhar Jurídico

Quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias / Criminal

Júri condena homem que usou facão para amputar as mãos de companheira

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Jul 2019 - 11:02

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Júri condena homem que usou facão para amputar as mãos de companheira
Conselho de Sentença condenou Jair da Costa por homicídio tentado da convivente Geziane Buriola da Silva. O júri reconheceu autoria e a materialidade do crime, bem como as qualificadoras de motivo fútil e feminicídio. O réu foi julgado em sessão na última sexta-feira (12) e condenado a 15 anos e seis meses de reclusão em regime fechado, sem direito ao apelo em liberdade.

Leia também
Diarista que teve mãos amputadas pelo marido pede Justiça e que mulheres não deixem de denunciar


Conforme denúncia do Ministério Público, o crime ocorreu em abril de 2017, no bairro Jardim das Palmeiras. O denunciado, utilizando-se de um facão, tentou matar a companheira Geziane, não obtendo êxito em seu intento criminoso por razões alheias à sua vontade.
 
O relacionamento do casal era público e, na data do ocorrido, eles ingeriram bebida alcoólica durante o dia todo. À noite, após um desentendimento, o denunciado se apossou de um facão e passou a golpear a vítima. Geziane chegou a fugir, mas Jair a alcançou. Ele desferiu golpes no rosto dela, cabeça, abdômen, e amputou as duas mãos e os punhos da vítima.

Jair continuou a desferir golpes contra Geziane enquanto ela estava caída no chão, sendo interrompido por pessoas que presenciaram o ataque. Ele chegou a fugir, mas foi preso em flagrante pela Polícia Militar e, em depoimento confessou ser o autor do delito e confirmou a intenção de matar a companheira.
 
Conforme a promotora de Justiça Lais Liane Resende, o casal já havia se envolvido em situação de violência doméstica anteriormente e o relacionamento era marcado por ameaças de Jair contra Geziane, o que culminou com a tentativa de homicídio por razões da condição do sexo feminino.

(Com informações da assessoria) 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • mso
    18 Jul 2019 às 15:07

    Correto seria amputar as pernas dele ! esse mau caráter só pegou 15 anos ? brincadeira logo sai para fazer outra vítima ! Deus cuide dessa pobre mulher que ficou sem os membros pro resto da vida !

  • Chico Bento
    18 Jul 2019 às 13:47

    Caramba, com tanto golpe de facão e ela ainda sobreviveu!

  • Demair Lobão.
    17 Jul 2019 às 13:54

    Essa pena é injusta! O correto seria amputar a mão dele também. Hã!! e com facão também.

  • Alguém
    17 Jul 2019 às 12:03

    Só 15 anos?

Sitevip Internet