Olhar Jurídico

Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias / Criminal

TJMT mantém preso homem acusado de matar e arrancar coração da própria tia

Da Redação - Arthur Santos da Silva

10 Set 2019 - 14:31

Foto: Reprodução

TJMT mantém preso homem acusado de matar e arrancar coração da própria tia
A Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) manteve nesta terça-feira (10) a prisão preventiva decretada contra Lumar Costa da Silva, acusado de matar a própria tia, Maria Zelia da Silva Cosmos, retirando o coração da vítima.

Leia também 
Ministro segue relatora e vota por nova prisão de empresário citado na Bereré

 
Conforme informações do desembargador Marcos Machado, relator do Habeas Corpus, foi levantado pela defesa discussão sobre a realização da audiência de custódia sem comunicação da Defensoria Pública.
 
Marcos Machado esclareceu que a audiência ocorreu com a presença do Ministério Público e um advogado nomeado para o ato. Em momento posterior, a Defensoria assumiu o caso. Não houve, segundo o relator, ato prejudicial ao acusado. Assim, a prisão foi mantida.
 
Lumar Costa da Silva foi denunciado em manifestação do Ministério Público (MPE) por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, bem como por roubo e furto.
 
De acordo com a investigação, Lumar matou a tia em 2 de julho, por volta das 20h50, no bairro Bela Vista, em Sorriso. Na sequência, o acusado furtou R$ 800 da vítima, roubou o carro da prima, adentrou na subestação de energia, arremessou o veículo contra um transformador e tentou atear fogo no local, quando foi preso por policiais militares.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet