Olhar Jurídico

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Notícias / Criminal

Cartorário de Poconé e afastado pela quarta vez; interventora registra ameaça

Da Redação - Arthur Santos da Silva

11 Out 2019 - 10:40

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Cartorário de Poconé e afastado pela quarta vez; interventora registra ameaça
O Cartório de 1° Oficio Notarial Registral da Comarca de Poconé (100 km de Cuiabá) sofreu sua quarta intervenção em 120 dias após acusações de fraudes no Fundo de Apoio ao Judiciário de Mato Grosso (FUNAJURIS) devido ao Poder Judiciário. A intervenção foi cumprida na quinta-feira (10). 
 
Leia também 
STJ marca para o fim de outubro julgamento que pode restabelecer contrato do VLT


Conforme decisão do juiz Alexandre Paulichi Chiovitti, há determinação de afastamento do tabelião Aloysio Rodrigues do Prado. Uma filha do tabelião, que também atuava no cartório, sofreu o mesmo afastamento.
 
Em 10 de abril deste ano, ocorreu a primeira intervenção, com a acusação de fraudes em reconhecimento de firma em documentos. A segunda intervenção ocorreu sob a alegação de fraudes na Caixa Econômica Federal, em baixa de hipotecas. A terceira intervenção ocorreu em 13 de julho e se deu em detrimento de um registro de georreferenciamento de uma fazenda de jazida de ouro. 
 
Após a intervenção na quinta, há acusação que a esposa do tabelião afastado, Edwirges Conceição Campos Curado, supostamente ameaçou a interventora designada. Há registro de boletim de ocorrência.
 
Edwirges, segundo o boletim, ameaçou a interventora e sua equipe dizendo que iria acabar com a vida de todos.

Katiuscia Correa Miranda foi indicada pela corregedoria do Tribunal de Justiça para atuar com interventora. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet