Olhar Jurídico

Terça-feira, 19 de novembro de 2019

Notícias / Geral

Juiz aumenta prazo para pagamento em leilão dos bens entregues por Silval Barbosa

Da Redação - Arthur Santos da Silva

22 Out 2019 - 11:58

Foto: Reprodução

Imóvel em Matupá

Imóvel em Matupá

O juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, alterou na segunda-feira (21) as condições de pagamento do leilão de bens do ex-governador de Mato Grosso e delator premiado, Silval Barbosa. Prazo de parcelamento foi aumentado devido ao alto preço dos imóveis.

Leia também 
Com 50% de desconto, imóveis de Silval recebem lances em segundo leilão
 

A nova condição permite entrada de no mínimo 20% do valor e o restante parcelado, mensal, semestral ou anualmente, em até 60 meses (05 anos). Condição anterior era de apenas 30 meses.

“Verifica-se que os 60 meses sugeridos pelo leiloeiro nomeado melhor atendem à realidade do mercado imobiliário rural mato-grossense, pois conforme já consignado, a arrematação deve ser viável financeiramente ao comprador e dentro de uma perspectivas verificável no plano concreto”, afirmou o magistrado.
 
A segunda praça de leilão sobre os imóveis entregues em delação premiada pelo ex-governador Silval Barbosa já receberam lances. Os itens estão com desconto de 50%.
 
O apartamento residencial localizado no Edifício Riviera da América, unidade 1801, Bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, já recebeu lances.
 
Imóvel residencial localizado nos lotes 11, 12 e 13, na rua 8, quadra 02/A, Bairro Zona Regional ZR-001, em Matupá, também já recebeu um lance.
 
Outro alvo de lance foi o imóvel residencial localizado na Rua M, nº 45, Bairro Miguel Sutil, apto, 402, tipo duplex, Edifício Manchester, em Cuiabá.

O juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, determinou que o dinheiro levantado no leilão de bens do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, seja destinado ao Fundo Penitenciário Estadual para utilização específica na reestruturação do Sistema Prisional.

Bens
 
Constam na lista de bens que ainda não receberam lances:
 
Área rural de 4.114,9550 hectares, localizada no município de Peixoto de Azevedo, denominada Fazenda Serra Dourada II.
 
Área rural de 1.248.6647 hectares, localizada no município de Peixoto de Azevedo/MT, denominada Fazenda Lagoa Dourada I.
 
Área rural de 1.248,7055 hectares, localizada no município de Peixoto de Azevedo/MT, denominada Fazenda Lagoa Dourada.
 
Primeira praça
 
A primeira praça de leilão dos bens entregues pelo ex-governador Silval Barbosa terminou com apenas um dos lotes arrematados. Terreno localizado no Condomínio Portal das Águas, Lago do Manso, município de Chapada dos Guimarães, foi negociado pelo preço de avaliação, valor estipulado em R$ 524 mil.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • José
    22 Out 2019 às 16:54

    Sem comentários é uma vergonha?

Sitevip Internet