Olhar Jurídico

Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Notícias / Geral

Desembargadora sofre princípio de infarto e é internada na UTI

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

29 Out 2019 - 15:18

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Desembargadora sofre princípio de infarto e é internada na UTI
A desembargadora Maria Helena Póvoas, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso  (TJMT), sofreu um princípio de infarto e precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Amecor, em Cuiabá na noite do último domingo (27).

Leia também
Defesa afirma que não cabia a Mauro Carvalho investigar origem de dinheiro emprestado


De acordo com familiares, a magistrada foi submetida a um cateterismo e segue internada em estado estável. Maria Helena ocupa atualmente a vice-presidência do Tribunal de Justiça.

Ela também foi a primeira presidente mulher da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), instituição que comandou por dois mandatos na década de 1990, período em que enfrentou grandes desafios, como greve de juízes e rebelião penitenciária.

A desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas é natural de Cuiabá, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e pós-graduada em Direito Processual Civil pela Universidade de Cuiabá (Unic).

Militou como advogada em Mato Grosso de 1983 a 2005, quando ingressou na magistratura pela vaga do quinto constitucional da OAB. No TJMT, atuou como presidente da 2ª Câmara Cível, presidente da 1ª Turma de Câmaras Cíveis Reunidas e coordenadora de Supervisão dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Mato Grosso.

Na Justiça Eleitoral, a desembargadora também teve papel de destaque ao ocupar todos os cargos de direção do TRE-MT. Ela foi vice-presidente e corregedora no biênio 2013/2015 e presidente entre 2015 e 2017.

 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Antônio
    04 Dez 2019 às 11:26

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Antonia
    30 Out 2019 às 09:02

    Estimo melhoras a D. Helena. Deus abencoe e lhe dê muita saúde.

  • Paolo
    29 Out 2019 às 17:15

    E o Kiko?

  • Joao Mario.
    29 Out 2019 às 16:39

    Desejo a Dra. Maria Helena Póvoas,uma ótma,e rapida recuperação. Uma senhora com extensa lista de trabalhos prestados a Mato Grosso.

Sitevip Internet