Olhar Jurídico

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Geral

Prédio do Tribunal de Justiça passa por desinfecção e aguarda retorno na modalidade presencial

Da Redação - Arthur Santos da Silva

22 Mai 2020 - 14:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Prédio do Tribunal de Justiça passa por desinfecção e aguarda retorno na modalidade presencial
O Poder Judiciário de Mato Grosso informou que realizará a desinfecção do prédio do Tribunal de Justiça neste sábado e domingo, dias 23 e 24 de maio de 2020. A medida prepara o espaço físico para o futuro retorno ao trabalho, na modalidade presencial. O Poder Judiciário em Mato Grosso tem adotado o teletrabalho e campanhas internas de orientação a servidores e magistrados, com o objetivo de contribuir para o combate à pandemia da Covid-19.
 
Leia também
Botelho defende no Supremo validade de ajuda de custo para membros do MPE


O Judiciário de Mato Grosso prorrogou para o dia 31 de maio de 2020 o prazo de fechamento das portas do Palácio da Justiça, dos Fóruns das Comarcas e de quaisquer dependências do serviço judicial.
 
A prorrogação está expressa na Portaria Conjunta n. 321/2020, assinada em 8 de maio pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Ferreira da Silva.
 
Segundo o documento, estão suspensos os prazos processuais dos processos judiciais e administrativos físicos, no período de 17 de março a 31 de maio de 2020, salvo quanto às medidas urgentes e processos de adolescentes em conflito com a lei com internação provisória decretada.
 
A partir do dia 1º de junho, as atividades do Poder Judiciário de Mato Grosso serão regulamentadas por meio de ato normativo próprio a ser editado.
 
Trabalho presencial

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto, afirmou ao Olhar Jurídico que planejava a volta do trabalho presenciou para o dia primeiro de junho. 

Porém, nova portaria do Conselho Nacional de Justiça orientou teletrabalho até o dia 14 de junho. O prazo do CNJ será respeitado. Quando terminado, haverá nova avaliação. 

 
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet