Olhar Jurídico

Domingo, 05 de julho de 2020

Notícias / Criminal

Pedido de explicações feito por Riva contra Grupo Gazeta é distribuído com urgência à Justiça

Da Redação - Vinicius Mendes

02 Jun 2020 - 10:10

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Pedido de explicações feito por Riva contra Grupo Gazeta é distribuído com urgência à Justiça
O pedido de explicação em juízo feito por José Geraldo Riva contra o Grupo Gazeta foi distribuído com urgência à 10ª Vara Criminal de Cuiabá. Riva citou que uma nota veiculada pelo veículo de comunicação no último dia 26 o acusou de estar interferindo na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O ex-deputado nega a acusação.

Leia mais:
MP pede nulidade de resolução que concedeu pensão parlamentar a José Riva

A defesa do deputado, patrocinada pelos advogados Almino Afonso Fernandes e Gustavo Lisboa Fernandes, entrou com o pedido na semana passada, após a veiculação de uma notícia que acusava José Riva de interferir na eleição da mesa diretora da AL.

"Referida nota afirma que alguns Deputados Estaduais do Estado de Mato Grosso teriam recebido telefonemas do Requerente e do atual Prefeito de Cuiabá/MT (Sr. Emanuel Pinheiro), com o intuito de influenciar na votação da Eleição da Mesa Diretora da ALMT, ajudando e apoiando a Deputada Janaina Riva (filha do requerente), para disputa ao cargo de 1ª Secretária no biênio 2021/2022".

Riva negou as afirmações feitas pelo jornal e se colocou à disposição da Justiça para prestar qualquer esclarecimento que se fizer necessário, inclusive disponibilizado seu aparelho de celular para que sejam esclarecidas quaisquer dúvidas.

A Central de Distribuição disse que a regularização da distribuição urgente ao juiz João Bosco Soares da Silva, da 10ª Vara Criminal, só ocorreu no último dia 29 "em razão das Portarias CONJUNTAS Nº 247, 249, 281, 305, 321 e 343/2020 – COVID19 e PORT. Nº 013 e 014-DAFC, a demanda e a mão de obra realizando o teletrabalho".

No pedido proposto contra o jornal, a defesa do ex-deputado quer esclarecimentos sobre a nota, afirmando que atribuiu conduta falsa a José Riva. Os advogados afirmam que José Riva e Janaina "foram ofendidos quanto à sua reputação, dignidade e decoro, como também, se não bastasse, principalmente quanto a sua honra".

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ademir Assuncao
    02 Jun 2020 às 13:32

    Essa família riva são podres..pai e filha são farinha do mesmo saco

Sitevip Internet