Olhar Jurídico

Sábado, 21 de maio de 2022

Notícias | Política de Classe

nos holofotes

Ayres Britto se aposenta do STF e não descarta disputa pelo PT

Foto: Reprodução

Ayres Britto se aposenta do STF mas não descarta disputar cargo político pelo PT

Ayres Britto se aposenta do STF mas não descarta disputar cargo político pelo PT

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Carlos Ayres Britto, que completa 70 anos no próximo domingo (18.11) e se aposenta conforme as regras previstas para o funcionalismo público federal, se despedirá do cargo na sessão desta quarta-feira (14.11) e deixará em aberto a conclusão do julgamento da Ação Penal 470, considerado o julgamento político mais importante da história do país.

No entanto, o atual ministro pode não abandonar os holofotes. Segundo fontes próximas do ministro, ele não descarta o retorno à política e pode se candidatar a um cargo eletivo pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em 1990, Ayres Britto foi candidato a deputado federal pelo PT mas não foi eleito.

Ayres Britto pode sair do STF sem deixar penas do mensalão

"É uma possibilidade que ele não descarta, mas não significa que ele seguirá no PT. Ele pode até se filiar a outro partido", revelou uma fonte do STF que pediu sigilo.

Bacharel em Direito (1966), pela Universidade Federal de Sergipe, ocupou cargos de Consultor-Geral do Estado no governo José Rollemberg Leite (1975-1979), Procurador-Geral do Estado entre 1983 e 1984, e Procurador do Tribunal de Contas do Estado. Em 1990, foi candidato a deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores[3][4], porém não foi eleito.

Em 2003, foi nomeado pelo ex-presidente Lula para o cargo de ministro do STF. Presidiu o Tribunal Superior Eleitoral no período de 6 de maio de 2008 a 22 de abril de 2010, sucedendo ao ministro Marco Aurélio Mello e sendo sucedido pelo ministro Ricardo Lewandowski. Foi eleito presidente do STF em 14 de março de 2012. Será substituído na presidência do STF pelo ministro Joaquim Barbosa, atual relator do Mensalão.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet