Olhar Jurídico

Segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Notícias / Civil

Sindicato processa Abílio e pede indenização de R$ 50 mil após insinuação sobre propina

Da Redação - Arthur Santos da Silva

25 Nov 2020 - 10:18

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Sindicato processa Abílio e pede indenização de R$ 50 mil após insinuação sobre propina
O Sindicato dos Agentes de Regulação e Fiscalização do Município de Cuiabá acionou o vereador e candidato ao cargo de prefeito de Capital, Abílio Junior (Podemos). Há pedido de indenização no valor de R$ 50 mil. Segundo os autos, durante debate, o político afirmou que fiscais “mordem um dinheirinho”.

Leia também 
Justiça Eleitoral permite propaganda que liga Abílio a ato de corrupção
 

Abílio participou de debate entre candidatos na Federação do Comércio do Estado de Mato Grosso. Segundo esclarecido no processo, o político disse: “chega de analistas pegando projeto ficar respondendo que tem defeito, você arruma outro defeito, você arruma outro defeito” e “para fiscal ir na obra depois morder um dinheirinho seus, na sexta feira a tarde dizendo que precisa de um recurso”.
 
Par ao sindicato, Abílio acusou fiscais de inventarem erros em projetos. Ainda segundo o sindicato, o membro do Podemos indicou que os trabalhadores cobram propina. “Por isso deve ser condenado, pois cometeu ato ilícito contra uma das funções mais essenciais do serviço público que é a atividade fiscalizatória, que é a proteção da sociedade em face do desastre que pode ocorrer”, diz trecho da ação.
 
Na ação, há pedido de indenização no valor de R$ 50 mil. “Resta claro que a o Sr. Abílio praticou conduta ilícita, geradora de dano extrapatrimonial, porque em prejuízos à vida íntima, à honra dos servidores públicos, devendo, portanto, ensejar reparação, através da autoridade de Vossa Excelência”.
 
Caso condenado, o dinheiro pago por Abílio será destinado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Cuiabá.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet