Olhar Jurídico

Sábado, 25 de junho de 2022

Notícias | Política de Classe

emails

Rabaneda afirma que Moreno critica o que ele mesmo pratica

Foto: Victor Cabral/OD

Rabaneda afirma que Moreno critica o que ele mesmo pratica
O advogado Ulisses Rabaneda, candidato a secretário-geral adjunto na chapa encabeçada por Maurício Aude, rebateu as acusações da oposição que estaria utilizando a máquina na disputa pela Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso (OAB-MT).

Conforme documentos apresentados pelo advogado, que faz parte da coordenação jurídica de Aude, o adversário acusou o grupo de situação de ter usado a máquina em campanha quando ele também teria se beneficiado da entidade. Porém, ele explica que o envio de emails convidando para eventos dos candidatos é permitido, uma vez que é feito pelos presidentes das subseções e os mesmos não foram feitos por endereços eletrônicos da entidade.

José Moreno acusa Maurício Aude de usar estrutura da OAB de Mato Grosso em campanha

“Não questionamos o fato de ele representar na comissão eleitoral, mas sim que é incoerente representar e dar notícias de fatos que ele mesmo pratica. Como questionar uma conduta que você mesmo pratica?”, questionou Rabaneda, durante entrevista ao Olhar Jurídico. Ele pontua ainda que as subseções tem autonomia para realizar esse tipo de trabalho.

José Moreno acusou o grupo de Maurício Aude de utilizar a estrutura da OAB para campanha. Segundo ele, o candidato da situação teria enviado emails para os advogados das subseções de Pontes e Lacerda, Barra do Garças e Campo Verde informando sobre reuniões e retirada de materiais.

Ulisses Rabaneda rebateu os ataques explicando que em Barra do Garças os mesmos emails informando sobre a reunião e materiais de Aude foram encaminhados falando do grupo de Moreno. O mesmo teria ocorrido em Campo Verde.

O advogado da situação explica ainda que na subseção de Mirassol D’Oeste não foram enviados emails convidando para eventos de José Moreno, pois o candidato não teria visitado a cidade.

Para Rabaneda, as atitudes dos adversários têm apenas objetivo de tumultuar o processo eleitoral da Ordem. “Temos interesse em dar publicidade às propostas. Os advogados não estão interessados nisso”, asseverou, ao reforçar que tais acusações seriam apenas factóides.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet