Olhar Jurídico

Domingo, 28 de fevereiro de 2021

Notícias / Criminal

Ex-namorado de adolescente que matou Isabele ainda aguarda julgamento

Da Redação - Vinicius Mendes

20 Jan 2021 - 09:33

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Ex-namorado de adolescente que matou Isabele ainda aguarda julgamento
O adolescente responsável por levar a arma usada para matar Isabele Guimarães, ex-namorado da autora do disparo, ainda será julgado pelo ilícito análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo. O garoto e sua ex haviam sido representados juntos, no entanto, após pedido da defesa o processo foi desmembrado.
 
Leia mais:
Defesa de ex-namorado de assassina de Isabele diz que família Cestari tenta desvirtuar razões do disparo
 
A sentença que condenou a adolescente que matou Isabele foi proferida nesta terça-feira (19) pela juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá. Foi fixada a ela a medida socioeducativa de internação por tempo indeterminado. A internação de adolescentes, no entanto, não pode ultrapassar três anos.
 
O ex-namorado da autora do disparo foi representado, no mesmo processo, pelo ilícito análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo. A juíza cita na decisão que no dia 12 de julho de 2020 o jovem levou para a residência de sua então namorada, sem autorização e em desacordo com determinação legal e regulamentar, duas pistolas. Uma das armas foi utilizada para matar Isabele Guimarães.
 
A defesa do adolescente fez um pedido de concessão de remissão (perdão) e também pediu a separação dos processos, alegando que a “postura dilatória” da família Cestari trazia prejuízos aos seus interesses de celeridade e contrariava sua atuação colaborativa.
 
Em dezembro do ano passado a defesa do jovem disse que era nítida a tentativa da família Cestari em atrapalhar o andamento processual e impedir a descoberta da verdade. A Justiça proferiu decisão desmembrando o processo com relação ao adolescente, “pois, apresentou estratégia defensiva diferente da utilizada pela correpresentada”. Ele agora aguarda julgamento.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet