Olhar Jurídico

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Notícias | Eleitoral

doações delatadas

MPE sinaliza por mais 90 dias em investigação contra deputado que deve ouvir Nilson Leitão

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MPE sinaliza por mais 90 dias em investigação contra deputado que deve ouvir Nilson Leitão
O Promotor de Justiça Arnaldo Justino, em atuação no Ministério Público Eleitoral (MPE), concordou com a solicitação de dilação de prazo, por mais 90 dias, para concluir investigação em face do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), suspeito de receber doações ilegais em 2014. Fatos estão relacionados à delação do ex-secretário de Educação, Permínio Pinto.  

Leia também 
PF aguarda autorização para seguir investigando membros do PSDB delatados por ex-secretário

 
Segundo os autos, Permínio delatou que, durante a campanha eleitoral do ano de 2014, a pedido do estão deputado federal Nilson Leitão (PSDB), recebeu em sua própria conta bancária o valor de R$ 175 mil, divididos em três depósitos: R$ 40 mil, R$ 60 mil e R$ 75 mil.
 
Conforme delação de Permínio, o valor, segundo declarado por Nilson Leitão na ocasião, teria sido dividido entre Wilson Santos, Carlos Avalone e Guilherme Maluf, então candidatos ao cargo de deputado estadual. Todos os nomes pertenciam ao PSDB. Foram instaurados Inquérito Policiais específicos para cada um dos citados.
 
Conforme despacho produzido pela Autoridade Policial, as próximas diligências indicadas na linha de investigação adotada são as oitivas de Nilson Leitão o e Wilson Santos. Antes das outivas, é necessário a autorização de prazo. 

“Observa-se, portanto, que as investigações ainda estão em andamento, existindo diligências a serem realizadas para formação da opinio delict, tornando-se necessária a concessão de prazo para a continuidade da apuração da infração penal eleitoral, pela Autoridade Policial”.
 
“Em face do exposto, o Ministério Público Eleitoral concorda com a solicitação de dilação de prazo conclusao dos trabalhos, por mais 90 dias”, finalizou Arnaldo Justino.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet