Olhar Jurídico

Quinta-feira, 06 de maio de 2021

Notícias / Civil

covid-19

TJMT extingue ação que pedia afastamento de prefeito contrário a decreto restritivo

Da Redação - Arthur Santos da Silva

20 Abr 2021 - 15:43

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

TJMT extingue ação que pedia afastamento de prefeito contrário a decreto restritivo
Presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), a desembargadora Maria Helena Póvoas julgou extinta Reclamação proposta pelo Ministério Público (MPE) que pedia o imediato afastamento do prefeito de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado, por descumprimento de decisão judicial relativa ao enfrentado do novo coronavírus.

Leia também 
Cattani afirma que sofreu 'grave discriminação' no PSL e pede para ser mantido deputado

 
Reclamação havia sido proposta pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira. Além do afastamento, Borges requereu a suspensão de artigos dos decretos do município que supostamente contrariavam decreto estadual de combate ao novo coronavírus.  
 
Consta na Reclamação que, apesar da advertência expressa de que o descumprimento da ordem judicial relativa às medidas restritivas para contenção da pandemia ensejaria a devida responsabilização, o prefeito do Município de Campo Novo do Parecis, em manifestação pública, externada por entrevista exclusiva a um site da cidade, foi enfático ao afirmar que não cumprirá a determinação judicial.
 
Ocorre que o prefeito, após notificado oficialmente pelo Oficial de Justiça da Comarca de Campo Novo de Parecis, editou o decreto municipal observando as medidas restritivas impostas no decreto estadual.
 
Segundo os autos, o próprio Ministério público reconheceu a perda de objeto após Rafael Machado seguir decreto estadual. “Ante o exposto, julgo extinta a Reclamação, por perda superveniente do seu objeto”, decidiu Maria Helena.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet