Olhar Jurídico

Sábado, 12 de junho de 2021

Notícias / Civil

contra médica

Juiz remarca para junho audiência em ação que pede indenização por morte de verdureiro

Da Redação - Arthur Santos da Silva

07 Mai 2021 - 10:39

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Juiz remarca para junho audiência em ação que pede indenização por morte de verdureiro
O juiz Jones Gattass Dias, da 6ª Vara Cível de Cuiabá, remanejou para o dia 30 de junho audiência em ação que pede indenização por danos materiais e morais em face de Leticia Bortolini, acusada de matar o verdureiro Francisco Lucio Maia, vítima de atropelamento em abril de 2018. Data inicial previa o dia quatro de maio.

Leia também 
Juiz marca audiência em ação que pede indenização por morte de verdureiro

 
Conforme os autos, ação pede pagamento de danos materiais referentes às despesas funerárias no valor de R$ 6,6 mil, bem como pensionamento no valor equivalente a um salário mínimo mensal, o que perfaz o montante de R$ 306 mil. Há pedido ainda de indenização de danos morais no valor de R$ 225 mil.
 
Além da ação que pede indenização, o Ministério Público denunciou Bortolini pela morte causada em acidente. Conforme a denúncia, no dia 14 de abril de 2018, por volta das 19h35, na avenida Miguel Sutil, em frente a agência do Banco Itaú do bairro Cidade Verde, em Cuiabá, a médica, “conduzindo veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, em velocidade incompatível com o limite permitido para a via, assim como assumindo o risco de produzir o resultado, matou a vítima Francisco Lucio Maia”. 
 
Ainda segundo o MP, após atropelar o verdureiro, a ré deixou de prestar socorro imediato à vítima, bem como afastou-se do local do acidente para fugir à responsabilidade civil e penal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet