Olhar Jurídico

Domingo, 25 de julho de 2021

Notícias / Civil

inquérito

Promotor investiga AMM por termo de parceria firmado em 2015

Da Redação - Arthur Santos da Silva

23 Jun 2021 - 09:08

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Promotor investiga AMM por termo de parceria firmado em 2015
O promotor de Justiça Marcos Regenold, membro do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), determinou abertura de inquérito para apurar supostas irregularidades na execução de termo de parceria firmado em  2015 entre a Associação Mato-grossense dos Municípios e o Instituto Assistencial de Desenvolvimento  (IAD). Mais de R$ 230 milhões já foram gastos. 

Leia também
Mulher é condenada a 37 anos de prisão por mandar matar ex-namorado

 
Conforme  os autos, inquérito tem como base notícia de fato instaurada em decorrência de ofício que encaminhou cópia da Representação de Natureza Interna proposta pela Secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do Tribunal de Contas de Mato Grosso.
 
Segundo o MPE, “em virtude do mencionado Termo de Parceria e seus aditivos, foram pagos pela Associação Mato-Grossense dos Municípios ao Instituto Assistencial de Desenvolvimento – IAD valores a título de ‘custos operacionais/taxa de administração’, valores estes cuja legalidade é questionada pelo Tribunal de Contas deste Estado”.
 
Ainda conforme o MPE, o Tribunal de Contas concedeu a tutela de urgência de natureza cautelar, determinando que a Associação Mato-grossense dos Municípios suspendesse a execução do Termo de Parceria, bem como o pagamento inerente a este, até a resolução do mérito da representação.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet