Olhar Jurídico

Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

duas vítimas

Júri condena a 17 anos homem que matou e enterrou mulheres em quintal

Da Redação - Arthur Santos da Silva

30 Jun 2021 - 17:06

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Júri condena a 17 anos homem que matou e enterrou mulheres em quintal
Tribunal do Júri desta quarta-feira (30) condenou Adilson Pinto da Fonseca a 17 anos e nove meses de reclusão, no regime inicialmente fechado, por ocultação de cadáver e homicídio qualificado (o crime foi anterior a lei do feminicídio). Informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça (TJMT).

Leia também
Ex-prefeita é condenada por ato de improbidade administrativa

 
Talissa de Oliveira Ormond, 22 anos, teve a ossada localizada em maio de 2019, enterrada no quintal de uma casa, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. Ela estava desaparecida desde julho de 2013.
 
O suspeito também é acusado de matar e enterrar o corpo de outra mulher, Benildes Batista de Almeida, 39 anos, que foi casada com o suspeito, e estava desaparecida desde dezembro de 2013. A ossada dela foi encontrada no mesmo local onde ele enterrou a primeira.
 
Após a primeira ossada ter sido encontrada, o suspeito acabou confessando as duas mortes e informando onde teria enterrado a segunda vítima.
 
Detalhes sobre o julgamento ainda não foram divulgados. O réu já estava preso. Ele não conseguiu o direito de recorrer em liberdade. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet