Olhar Jurídico

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

Fúria no trabalho

Homem que matou colega com tiros pelas costas durante briga banal é condenado a 18 anos de cadeia

Da Redação - Lucas Bólico

03 Jul 2021 - 10:15

Foto: Rogério Florentino Pereira - OD

Homem que matou colega com tiros pelas costas durante briga banal é condenado a 18 anos de cadeia
A Justiça condenou em 18 anos e oito meses de prisão Rubens Lopes Ferreira, réu por matar um colega com tiros pelas costas em meio a uma briga banal, fruto de um desentendimento no qual os dois discordaram da forma como deveria ser realizado o carregamento de madeira em um caminhão.
 
Leia também:
Ministro indefere HC de delegado que tentava suspender execução de pena

O crime aconteceu no município de Juína, em outubro de 2019 e a vítima era o caminhoneiro Dayvid Paulino de Moraes. O atirador foi denunciado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo. A condenação aconteceu na última quarta-feira.

Segundo o MP, Dayvid foi baleado pelas costas e mesmo ferido tentou se esconder, mas acabou perseguido e encurralado. “A vítima ajoelhou-se e implorou por sua vida, momento em que o denunciado mirou a arma de fogo sentido a cabeça da vítima que, em um ato de desespero, conseguiu desarmá-lo, ocasião em que o mesmo foragiu. Apesar de ter recebido socorro médico, em razão da gravidade das lesões, a vítima não resistiu e faleceu na mesma data”, diz a denúncia. 

A arma utilizada no homicídio, conforme o MP, foi adquirida ilegalmente pelo réu em 2016. Para aplicação da pena, o juiz Wagner Dupim Dias levou em consideração a atenuante da confissão e também a agravante da reincidência, já que Rubens já havia cometido outro crime com trânsito em julgado em 2009. Foram consideradas também as qualificadoras: utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima e motivo torpe. A acusação ficou a cargo do promotor de Justiça Dannilo Preti Vieira. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet