Olhar Jurídico

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

colaboração premiada

Discussão sobre propriedade de fazenda entregue por Nadaf não impede sequestro para leilão

Da Redação - Arthur Santos da Silva

08 Jul 2021 - 10:12

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Discussão sobre propriedade de fazenda entregue por Nadaf não impede sequestro para leilão
A juíza Ana Cristina Mendes, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, indeferiu pedido de pessoa identificada como Roberto Peregrino Morales para que fazenda localizada em Poconé fosse retirada do acordo de colaboração premiada firmado pelo ex-secretário de Casa Civil de Mato Grosso, Pedro Nadaf.

Leia também 
Justiça nega pedido de Nadaf por reintegração de posse de fazenda oferecida em delação

 
Com a decisão sigilosa, publicada no Diário de Justiça desta quinta-feira (8), o bem, que está passando por discussão de propriedade, segue sequestrado judicialmente. Ana Cristina determinou que a fazenda ainda não seja leiloada, aguardando finalização de discussão sobre quem é o dono da área.
 
O ex-secretário entrou com a ação alegando ser o legítimo proprietário da Fazenda DL, que consiste em quatro partes de terras pastais e lavradias unidas. Ele relatou que as negociações foram feitas por intermédio de pessoa identificada como Marcos Amorim, pois há época estava passando por problemas familiares.
 
Após a quitação, conforme Nadaf, os requeridos outorgaram a Marcos procuração com fins de venda, cessão, transferência inclusive a si próprio, de modo que este deu início ao processo de escrituração.

Porém, os requeridos teriam se aproveitado do Acordo de Colaboração do autor para ameaçá-lo de reaver a posse do imóvel. Roberto Peregrino Morales e Roberto Peregrino Morales Junior supostamente invadiram a área em 28 de agosto de 2018.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet