Olhar Jurídico

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Política de Classe

CPI Cachoeira: Parlamentares protocolam nesta quinta representação na PGR

O senador Pedro Taques (PDT) irá protocolar, nesta quinta-feira (22.11), às 11h30, na Procuradoria Geral da República (PGR) uma representação pedindo investigação das irregularidades não apreciadas pela CPI do Caso Cachoeira. No documento, também assinado pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL) e os deputados federais Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e Rubens Bueno (PPS-PR), o parlamentar requer ao Ministério Público Federal que avance nas investigações, tomando todas as providências cabíveis, de índole investigatória e judicial.


"A iniciativa de levar a representação ao PGR será uma forma de tentar suprir a falta de continuidade dos trabalhos da CPI. Entendo que fiscalizar é função típica do Congresso Nacional. Infelizmente, isso não foi feito”, afirmou Pedro Taques.
Nesta quarta, durante sessão marcada para a leitura do relatório final da CPI, o mato-grossense fez críticas contundentes no que diz respeito à falta de tempo para o Colegiado investigar o esquema criminoso e pediu a reconvocação do contraventor Carlos Cachoeira. Ao PGR, pedirá que todos os envolvidos no escândalo Delta/Cachoeira sejam punidos, na medida da sua culpabilidade.

"Não avançamos o trabalho do MPF, não houve investigação nesta CPI. Não prorrogamos por 180 dias o prazo da Comissão. O que fizemos? Aqui nesta casa, o cheiro podre continua. A sujeira foi jogada para baixo do tapete", disse Pedro Taques, durante reunião da CPI.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet