Olhar Jurídico

Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Notícias | Eleitoral

alegações finais

Ministério Público pede que prefeito de Livramento seja cassado

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Ministério Público pede que prefeito de Livramento seja cassado
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) emitiu parecer no dia 29 de julho pela cassação do prefeito de Nossa Senhora do Livramento, Silmar de Souza Gonçalves. O vice-prefeito, Thiago Gonçalo de Almeida, também é alvo.

Leia também 
MPE afirma que ex-adjunto não justifica viagens e pede manutenção de tornozeleira

 
Ação foi proposto em razão de notícia de que o investigado, na condição de candidato nas eleições majoritárias de 2020, teria realizado “reunião político-eleitoral em prédio público, qual seja quadra de escola, em Nossa Senhora do Livramento/MT”.
 
“Verifica-se que para além dos documentos juntados à inicial, a instrução através da oitiva da testemunha arrolada pelo Ministério Público confirmou o caráter político da participação dos requeridos em reunião realizada em bem público, inclusive com a juntada de publicação em rede social que se caracteriza como propaganda política, levando à conclusão lógica de que a presente AIJE deve ser julgada procedente”, diz trecho da manifestação.
 
Além da cassação, processo pede a inelegibilidade de Silmar de Souza Gonçalves e Thiago Gonçalo de Almeida. Ação será julgada pela 20ª Zona Eeitoral de Várzea Grande. Conforme os autos, as partes já apresentaram alegações finais.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet