Olhar Jurídico

Quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

ex-deputado

MP oferece acordo e Savi pode se livrar de acusação sobre ameaça de morte

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Ago 2021 - 10:10

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MP oferece acordo e Savi pode se livrar de acusação sobre ameaça de morte
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) apresentou proposta de transação penal em Termo Circunstanciado instaurado a fim de apurar a prática, em tese, do crime de ameaça em que figura como autor do fato o ex-deputado estadual Mauro Savi.

Leia também 
Conselho Nacional de Justiça examina duas revisões disciplinares contra magistrados de MT

 
Proposta foi ofertada levando em conta o reduzido potencial ofensivo do crime, pois a pena máxima que lhe é cominada não ultrapassa dois anos. Caso concorde, o ex-parlamentar deve pagar a quantia de um salário mínimo.
 
Suposta vítima da ameaça é o dono de um site de notícias localizado na cidade de Sorriso. Conforme boletim de ocorrência, o empresário recebeu informações de que seria morto. O suspeito seria Savi.
 
O ex-deputado teria, segundo boletim de ocorrência, visitado o escritório do empresário e dito: “ou você está com nosso grupo ou é nosso inimigo”. Segundo documento, o site de notícias recebeu diversos comentários ameaçadores. Narrativa aponta ainda perseguição sofrida na saída de um evento.
 
Savi chegou a ser ouvido e afirmou que residiu a cidade de Sorriso por 20 anos. Mudou-se para Cuiabá quando se tornou deputado estadual. A cidade do interior, porém sempre foi sua base eleitoral. O ex-parlamentar garantiu ainda que nunca esteve com o dono do veículo de comunicação.
 
O juiz Érico de Almeida Duarte despachou no processo para que as partes se manifestem sobre o acordo proposto pelo Ministério Público de Mato Grosso.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet