Olhar Jurídico

Quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

violência doméstica

Homem é condenado a 15 anos de reclusão por matar companheira a tiros em casa

Da Redação - Arthur Santos da Silva

27 Ago 2021 - 16:05

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Homem é condenado a 15 anos de reclusão por matar companheira a tiros em casa
Josenildo Silva do Nascimento foi julgado pelo Tribunal do Júri da comarca de Barra do Bugres (168 km de Cuiabá) e condenado a 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, na quinta-feira (27), pela morte da companheira.

Leia também 
MPF pede a condenação de ex-secretário de Saúde acusado de compor organização criminosa


O Conselho de Sentença reconheceu a materialidade do fato, a autoria do homicídio e entendeu que o crime foi cometido com emprego de violência contra mulher exercida por razões da condição do sexo feminino (feminicídio). O condenado não poderá recorrer em liberdade.

Conforme a denúncia do Ministério Público de Mato Grosso, o crime aconteceu na noite de 18 de setembro de 2018, no bairro Antigo Laticínio. “Josenildo Silva do Nascimento, utilizando de uma arma de fogo, e com emprego de violência contra mulher exercida por razões da condição do sexo feminino (violência doméstica), matou a vítima Andressa da Silva Targa”, narrou o promotor de Justiça Lysandro Alberto Ledesma.

As investigações apontaram que a vítima Andressa estava com o denunciado na residência do casal, quando começaram a discutir e Josenildo disparou contra ela. O primeiro tiro foi dado dentro de casa. Na sequência eles saíram, a vítima abraçada ao criminoso pedindo para que ele não atirasse mais e dizendo que o amava. O homem se afastou, disparou mais uma vez contra a companheira e fugiu. Andressa da Silva Targa foi socorrida por vizinhos, mas morreu antes de chegar ao hospital local.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet