Olhar Jurídico

Domingo, 05 de dezembro de 2021

Notícias | Criminal

reclusão

Réu é condenado a 18 anos por feminicídio e pagará R$ 55 mil aos familiares da vítima

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Réu é condenado a 18 anos por feminicídio e pagará R$ 55 mil aos familiares da vítima
Denunciado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso por feminicídio praticado contra Celina Deusa do Nascimento, Willian Gonçalves da Silva, vulgo Railan, foi condenado nesta quarta-feira (20) a 18 anos e três meses de reclusão, no município de Alta Floresta.

Leia também 
Acusado de matar ex-esposa a facadas em frente aos filhos é denunciado


O réu terá ainda que pagar uma indenização no valor de R$ 55 mil aos familiares da vítima.

De acordo com o promotor de Justiça que atuou no Júri, Paulo José do Amaral Jarosiski, todas as qualificadoras apresentadas pelo MPMT em plenário foram acolhidas.

Os jurados entenderam que o homicídio foi cometido por motivo torpe, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima e por razões da condição de sexo feminino (feminicídio).

Segundo a denúncia do MPMT, o crime foi cometido no dia 12 de março do ano passado, por volta das 20h, em via pública no bairro Bom Jesus, em Alta Floresta.

A vítima foi atingida por oito golpes de faca. O réu foi preso em flagrante e não poderá recorrer da sentença em liberdade.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet