Olhar Jurídico

Sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Notícias | Geral

ELEIÇÕES OAB-MT

“Não há nada mais importante que fortalecer as prerrogativas”, destaca Gisela Cardoso

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

“Não há nada mais importante que fortalecer as prerrogativas”, destaca Gisela Cardoso
A candidata à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) pela Chapa 1, “Avanço Presente”, afirma em que o mais essencial para a atuação da advocacia é a defesa intransigente das prerrogativas da função. Para isso, ela quer criar a Procuradoria Especializada de Prerrogativa no Estado.
O objetivo é ampliar o suporte técnico e operacional nas ações desenvolvidas no Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP).

Leia também 
Justiça nega pedido da oposição que tentava garantir votos de filiados em situação de inadimplência


“Fortalecer nossas prerrogativas é essencial e será sempre nossa prioridade. Iremos criar a Procuradoria Especializada e aumentaremos os números de advogados e advogadas que compõem o TDP. Assim, também faremos o enfrentamento permanente do aviltamento dos honorários advocatícios”, garante Gisela.

De acordo com a candidata, é necessário que haja campanhas constantes para a conscientização das prerrogativas. Isto, para se criar uma cultura de respeito pelas prerrogativas junto às autoridades e à sociedade.

“Nós queremos também criar o Projeto Prerrogativas dentro das faculdades de Direito. Vamos realizar palestras aos acadêmicos e acadêmicas do último semestre sobre a importância das prerrogativas”, afirmou.

Atuando ainda para que haja o fortalecimento das prerrogativas, Gisela ainda tem dois projetos. O primeiro diz respeito a ações no interior do Estado, onde há relatos fortes de atentado contra as prerrogativas, e realizar encontros com tema de Combate à Violação de Prerrogativas.

O segundo é a criação da “Blitz das Prerrogativas”, que tem por objetivo averiguar o atendimento dado à advocacia nos órgãos públicos, principalmente nas delegacias e unidades prisionais.

 A Chapa 1, a qual é encabeçada por Gisela Cardoso, ainda tem como proposta o projeto Mulher Advogada, a Valorização Dos Honorários Advocatícios, Jovem Advocacia, a Defesa da Dignidade Profissional e Advocacia do Interior, da Advocacia Pública, Trabalhista, Criminal, a Advocacia nos Juizados Especiais e ainda mais Modernidade na OAB-MT.

Há ainda a defesa constante pelas melhorias do Poder Judiciário, da Escola Superior da Advocacia (ESA/MT) e do  Tribunal de Ética e Disciplina (TED) .

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet