Olhar Jurídico

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Política de Classe

novo presidente

Resultado das urnas prova que não há continuísmo na OAB, garante Maurício Aude

Foto: Olhar Juridico

Resultado das urnas prova que não há continuísmo na OAB, garante Maurício Aude
Prestes a assumir a cadeira de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Mato Grosso (OAB-MT) o advogado Maurício Aude, eleito nessa sexta-feira (23) com 2870 votos, afirmou em entrevista ao Olhar Jurídico que o resultado das urnas demonstra que não há continuísmo no comando da entidade.

"Na verdade uma continuidade com os avanços que temos conquistado. Esse grupo está a frente da OAB porque tem competência, coesão e coerência. Isso durante a campanha e durante a gestão, caso contrário, não seríamos eleitos tantas vezes", considerou.

Candidato do grupo de situação, que tem como principais articuladores o atual presidente Claudio Stábile e os ex Ussiel Tavares e Francisco Faiad, Aude enfrentou durante toda a campanha as críticas dos adversários de que seria apenas o continuísmo de um grupo que comanda a OAB no Estado há pelo menos 18 anos.

Para tentar provar o contrário, ele garante que tem o trabalho de inovar. "Tenho muita responsabilidade de substituir o Claudio, ele fez um trabalho que realmente tinha aprovação de 80% dos advogados. O que mostra que isso não foi uma mentira tá demonstrado pela diferença de votos da eleição. Manter tudo que foi feito de bom e inovar, avançar e progredir. Não se adimite que não haja progresso a cada três anos".

Uma das primeira medidas que deve adotar antes mesmo da posse, prevista para dezembro, o novo presidente pretende buscar apoio de todas as 29 subseções do Estado, independente de os candidatos eleitos terem o apoiado, ou não.

"Primeiro passo é entrar em contato com presidentes de subseções eleitos para unir e fazer um bom trabalho em favor da classe e do Estado todo. Assim funcionou nesses últimos três anos, porque houve a união das subseções com a seccional".

Além de buscar a unificação, Aude garante que assim que assumir efetivamente o comando da OAB irá implantar as propostas de campanha. Quanto aos adversários na disputa, ele se disse aberto para receber os que querem colaborar com a evolução da entidade.

"No final da apuração a OAB seria para todos, quem tiver interesse em colaborar vai ter espaço para colaborar. As boas propostas apresentadas pela oposição podem sim ser implementadas na Ordem, porque o que for melhor para o advogado nós temos que sim implementar", finalizou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet