Olhar Jurídico

Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Notícias | Geral

Contratos publicados

MP gasta quase R$ 7 mi em compra de computadores para servidores e manutenção de sistema

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

MP gasta quase R$ 7 mi em compra de computadores para servidores e manutenção de sistema
O Ministério Público de Mato Grosso gastou quase R$ 7 milhões em contratos com empresas de tecnologia, para fornecimento de microcomputadores para membros e servidores e instalação de sistemas. Os extratos de contrato foram publicados no Diário Oficial desta quarta-feira (13).

Leia também:
Sinfra convoca proprietários de imóveis do Parque Atalaia que serão expropriados para construção de Complexo Viário
 
O primeiro contrato, no valor de R$ 5.639.095,00, é com a empresa Líder Notebooks Comércio e Serviços, para “aquisição de microcomputadores completos para os servidores e membros do ministério público do estado de Mato Grosso”. A compra foi feita por meio do Procedimento Licitatório Pregão Eletrônico nº 092/2021 e seus anexos. A vigência do contrato, que foi assinado no último dia 21 de dezembro, é de doze meses.
 
O segundo contrato, com a Torino Informatica Ltda, também visa aquisição de microcomputadores completos, mas tem o valor de 59.850,00. Foi assinado na mesma data e com a mesma vigência.
 
Por fim, o terceiro contrato, com a Ábaco Tecnologia De Informação Ltda, tem por objetivo a prestação de serviço de manutenção evolutiva e corretiva no sistema e-Jade, Quartzo e e-Prestação. O valor é de R$ 1.120.320,00. Assinado em 21 de dezembro de 2021, o contrato tem vigência de 24 meses.
 
Vale lembrar que os servidores do MP estão trabalhando de casa. No último dia 11 de janeiro, ficou determinado que todas as unidades do Ministério Público do Estado de Mato Grosso na Capital e interior deveriam permanecer fechadas como medida de prevenção ao contágio da Covid-19 e Influenza H3N2. A suspensão do trabalho presencial será mantida até o dia 20 de janeiro. Nesse período, as atividades de membros e servidores serão desempenhadas por meio de trabalho remoto obrigatório, das 8h às 18h. A determinação consta no Ato Administrativo nº 1.075/2022, expedido pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

Outro lado

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso informou que os equipamentos licitados, na modalidade de registro de preços, serão adquiridos de acordo com a necessidade das Promotorias de Justiça de todo o Estado e da Procuradoria-Geral de Justiça, e seguirão critérios objetivos para substituição das estações de trabalho que compõem o parque tecnológico; que já se encontra parcialmente obsoleto, com máquinas em operação há quase cinco anos, muitas dessas com o sistema operacional descontinuado pela fabricante impossibilitando as correções de segurança e otimização de performance.

Esclareceu ainda que a substituição dos equipamentos está em conformidade com o planejamento previamente elaborado pelo Departamento de Tecnologia da Informação e busca aumentar a segurança de dados e melhorar a produtividade. A aquisição pretende também garantir a continuidade dos serviços realizados nas unidades do Ministério Público, evitando a interrupção do atendimento à Sociedade decorrentes de problemas tecnológicos.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet