Olhar Jurídico

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Civil

ação de execução

Deputado estadual cobra dívida de R$ 11 milhões por venda de fazendas

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Deputado estadual cobra dívida de R$ 11 milhões por venda de fazendas
O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (União) propôs ação de execução em face de Amanday Fazenda Park Hotel e Nédio Risieri Germiniani cobrando o pagamento de R$ 11,8 milhões. Processo aguarda julgamento na comarca de Sinop.

Leia também
Servidora é denunciada por desviar 273 botijões de gás em contrato da Secretaria de Segurança

 
Segundo os autos, os Executados firmaram com o deputado uma Escritura Pública de Confissão de Dívida (no valor de R$ 9 milhões) na data de 26 de agosto de 2014, contrato devidamente assinado e com as respectivas firmas reconhecidas em cartório. O contrato surgiu da negociação de três fazendas.
 
Ocorre que, conforme processo, os executados não cumpriram uma das cláusulas do Título Executivo, uma vez que não efetuaram o total pagamento de todas as parcelas descritas na cláusula Segunda do instrumento.
 
“Os Executados deixaram de pagar a quinta parcela do débito aos Exequentes, parcela na época no valor de R$ 1.625.000,00, vencida em 30 de julho de 2018, ou equivalente a 32.500 convertidas em Moeda corrente conforme consta no Título executivo”.
 
 Valor atualizado, segundo advogado de Dilmar, corresponde a R$ 11,8 milhões. No processo, o parlamentar pede “a procedência total dos pedidos para que seja definitivamente condenado os Executados no pagamento do débito de R$ 11.895.256,75”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet