Olhar Jurídico

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Civil

maior cratera de impacto

MPF investiga obra de rodovia em sítio arqueológico no Domo de Araguainha

Foto: Reprodução

MPF investiga obra de rodovia em sítio arqueológico no Domo de Araguainha
Ministério Público Federal (MPF) abriu procedimento para acompanhar implantação da Rodovia MT-100, uma das obras do programa Mais MT, a qual pode representar riscos a sítios arqueológicos que fazem parte do Domo de Araguainha. Informação foi publicada nesta terça-feira (5).

Leia também 
TRE inicia julgamento que pode cassar bezerra por gabinete paralelo de campanha; acompanhe ao vivo

 
Informações foram colhidas nos autos de Procedimento Preparatório instaurado a partir de representação do professor da Faculdade de Geociências da Universidade Federal de Mato Grosso, José Domingues de Godoi Filho, feita perante a 15ª Promotoria de Justiça Cível de Defesa do Meio Ambiente de Cuiabá, para apurar eventuais impactos socioambientais no Domo de Araguainha.
 
O Domo de Araguainha é a maior cratera de impacto de meteorito da América do Sul, com um diâmetro de 40 km. É uma cratera de impacto erodida, ou astroblema, com seu centro localizado entre as cidades de Araguainha e Ponte Branca, ambas no Estado do Mato Grosso.
 
Devido sua importância no estudo das extinções em massa da vida na Terra, a área foi reconhecida no ano de 2000 como “Sitio Geológico Nacional” pela Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos (SIGEP).
 
Portaria que determina o acompanhamento é assinada pelo procurador da República Rodrigo Pires de Almeida.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet