Olhar Jurídico

Quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Notícias | Criminal

lesão corporal

Filho de sócio de shopping acusado de agredir esposa é condenado; sentença prevê detenção e pagamento de R$ 10 mil

Foto: Reprodução

Filho de sócio de shopping acusado de agredir esposa é condenado; sentença prevê detenção e pagamento de R$ 10 mil
A juíza Ana Graziela Vaz de Campos Alves Corrêa, da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá, condenou a um ano e oito meses de detenção o empresário a Hélio Pereira Cardoso Neto. Decisão é do dia 1º de junho. Hélio é filho de um dos sócios do Shopping Três Américas, em Cuiabá, e chegou a ser preso em abril de 2016.

Leia também 
Justiça marca audiência em ação contra filho de sócio de shopping acusado de agredir esposa

 
Condenação prevê ainda indenização de R$ 10 mil por danos morais. Hélio foi denunciado pelos crimes de cárcere privado (duas vezes), posse irregular de arma de fogo de uso permitido e lesão corporal (duas vezes) em face de ex-esposa.
 
Conforme denúncia, em residência particular localizada na Rua Barão de Melgaço, Cuiabá, o denunciado privava a liberdade da vítima, sua então esposa, causando-lhe grave sofrimento moral. Há ainda acusação sobre agressões sofridas.
 
Na sentença, houve o reconhecimento de lesão corporal e posse irregular de arma de fogo. Magistrada, porém, absolveu Hélio Pereira Cardoso Neto da acusação de cárcere privado.
 
O fato de a vítima frequentar locais como faculdade e shopping acabou desconfigurando o núcleo do tipo penal que prevê que a vítima fique encarcerada contra sua vontade.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet