Olhar Jurídico

Sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Notícias / Política de Classe

'OAB-MT não irá se acomodar diante das ilegalidades dos que abusam do poder', afirma Aude

Da Redação - Julia Munhoz

12 Dez 2012 - 11:55

Foto: Da assessoria.

'OAB-MT não irá se acomodar diante das ilegalidades dos que abusam do poder', afirma Aude
O advogado Maurício Aude tomou posse na noite dessa quarta-feira (12) como novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso (OAB-MT) e afirmou que a instituição deve seguir o mesmo ‘espírito’ não irá se acomodar diante das ilegalidades dos que abusam do poder.

“Que nos sintamos tomados pela força institucional da Ordem, assim não nos permitindo a acomodação diante das iniquidades, das ilegalidades e das arbitrariedades daqueles que abusam do poder”, discursou.

Durante discurso o novo presidente se comprometeu em combater qualquer tentativa no sentido de colocar em risco a liberdade de atuação dos advogados, a independência ou autonomia da Ordem.

“A defesa intransigente das prerrogativas profissionais, como garantia da atuação livre e irrestrita dos advogados, será uma constante em nossa gestão, que contará com um Tribunal de Defesa das Prerrogativas ainda mais prestigiado, aparelhado e respaldado”.

Maurício Aude, que foi vice durante a atual gestão, terá a responsabilidade de comandar a OAB-MT pelo próximo triênio (2013/2015) e apesar de a posse ter sido realizada ontem ele só assumirá o comando efetivo a partir de janeiro.  A cerimônia foi conduzida pelo atual presidente Claudio Stábile. Além dele, tomaram posse 84 membros, entre diretores da Seccional e da Caixa de Assistência dos Advogados, conselheiros estaduais e federais.

As informações são da assessoria da OAB-MT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet