Olhar Jurídico

Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Notícias | Civil

conciliador

Juíza é investigada pelo MP por suspeita de fraude em prova

Foto: Reprodução

Juíza é investigada pelo MP por suspeita de fraude em prova
O Ministério Público Estadual (MPE) deve ingressar com uma ação civil pública para anular o concurso que escolheu o conciliador do juizado especial de Chapada dos Guimarães. Fontes do Olhar Jurídico revelam que a juíza Silvia Renata Anff, vem sendo investigada por suposto envolvimento na fraude.

O concurso foi realizado em julho do ano passado e, em novembro, um inquérito civil foi instaurado pelo MPE para apurar a suposta fraude, bem como o envolvimento da magistrada. Consta da denúncia que Silvia teria beneficiado o aprovado.

Ainda segundo informações de fontes do Olhar Direto, o aprovado do no concurso teria ocupado o cargo de assessor da referida magistrada, pouca antes do certame. Uma recomendação para anulação do concurso chegou a ser enviada ao Tribunal de Justiça.

Por telefone e por meio de mensagens o Olhar Jurídico tentou estabelecer contato com a Silvia, mas ela não atendeu e nem retornou as ligações.

Durante o final de semana a juíza foi alvo de polêmica depois de negar um pedido de liminar para que uma das mais tradicionais festas de música eletrônica que ocorre anualmente durante o Festival de Inverno, ultrapassasse o horário limite de 3 horas, imposto por um Termo de Ajustamento de Conduta.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet