Olhar Jurídico

Terça-feira, 16 de julho de 2024

Notícias | Civil

crimes na ALMT

Herdeiros responderão ação após servidor alvo por suposto desvio de R$ 3 milhões falecer

Foto: Reprodução

Herdeiros responderão ação após servidor alvo por suposto desvio de R$ 3 milhões falecer
O juiz Bruno D’Oliveira Marques, da Vara Especializada em Ações Coletivas, habilitou dois herdeiros em ação movida pelo Ministério Público (MPE) em face do ex-deputado José Riva e mais três pessoas, por supostos desvios na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Desvio de R$ 3,2 milhões teria ocorrido em emissão de cheques à Leite & Carivelli Ltda – Vídeo Cidade Produções.


Leia também 
Réu é condenado a 19 anos de prisão por matar a ex com facada no peito após prometer que lhe daria R$ 500

 
Segundo os autos, Paulo Maria Ferreira Leite, ex-servidor da ALMT, constava como parte no processo. O servidor, porém, faleceu.
 
Justiça determinou a suspensão do processo pelo prazo de dois meses, determinando a citação dos herdeiros indicados pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso.
 
Conforme assinalado, à título de herança, o somatório dos bens deixados aos herdeiros perfaz o montante de R$ 409.623,30.

Assim, magistrado determinou a habilitação dos herdeiros João Gabriel Moura Ferreira Leite e Luiz Felipe Moura Ferreira Leite Agenor, “os quais passarão a ocupar o polo passivo como sucessores do falecido réu, Paulo Maria Ferreira Leite”.
 
Promova-se a inclusão dos herdeiros João Gabriel Moura Ferreira Leite e Luiz Felipe Moura Ferreira Leite Agenor no polo passivo da demanda, junto ao sistema PJE, como sucessores do falecido réu Paulo Maria Ferreira Leite".
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet