Olhar Jurídico

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Política de Classe

exclusivo

Marco Aurélio de Castro será o novo coordenador do Gaeco

Foto: Reprodução

Promotor Marco Aurélio de Castro durante coletiva sobre desfecho do assalto de Comodoro

Promotor Marco Aurélio de Castro durante coletiva sobre desfecho do assalto de Comodoro

O membro do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), promotor Marco Aurélio de Castro, será o novo coordenador do Grupo no lugar do procurador Paulo Prado, que assume no dia sete de março a chefia do Ministério Público Estadual, em substituição de Marcelo Ferra.

A confirmação foi feita com exclusividade ao Olhar Jurídico pelo procurador, que sai de férias esta semana com a família, antes de tomar posse na nova função.

Sob a coordenação de Prado e com a participação de dos promotores Marco Aurélio de Castro, Arnaldo Justino da Silva e Sérgio Silva da Costa, o Gaeco em parceria com as Polícias Civil e Militar esteve focado em 2102 na inibição combate efetivo ao tráfico de drogas e ao cerco ao chamado "Novo Cangaço" (assaltos realizados a bancos no interior, com reféns e uso de armamento pesado).

A atuação mais recente do Gaeco com relação ao Novo Cangaço ocorreu na resolução do caso do assalto à agências bancárias da cidade de Comodoro. Durante esta ação, ocorrida no dia 30 de outubro, os bandidos assaltaram simultaneamente o Banco do Brasil e o Bradesco no município (644 km a Oeste de Cuiabá).

A ação aterrorizante durou mais de uma hora. Eles fugiram com mais de 15 reféns, em duas caminhonetes uma S-10 preta e Nissan prata, na rodovia que dá acesso a Campos de Julio e Pontes e Lacerda. Eram aproximadamente 10 assaltantes. Eles mantiveram mais de 20 clientes como escudos humanos, enquanto recolhiam dinheiro dos cofres. O tiroteio foi grande.

Por meio da atuação do Gaeco, a Polícia Militar chegou até os assaltantes que acabaram mortos após confronto na região do Manso. À época o Gaeco descobriu que os bandidos haviam contratado um grupo para resgatá-los do local onde estavam escondidos. Durante a abordagem policial houve troca de tiros e 5 foram mortos pelo Bope.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet