Olhar Direto

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Notícias / Mundo

Peru prorroga férias escolares em uma semana para evitar gripe suína

EFE

23 Jul 2009 - 15:54

O governo peruano decidiu prorrogar as férias escolares em uma semana como medida para evitar um aumento nos contágios por gripe suína, denominada oficialmente gripe A (H1N1), informou o ministro da Saúde, Óscar Ugarte.

Em declarações ao jornal "El Comercio", em Assunção, onde está para a cúpula do Mercosul que definirá estratégia regional contra a nova gripe, Ugarte explicou que as aulas nas escolas estaduais não serão retomadas antes de 10 de agosto próximo, uma semana depois do previsto.

As férias escolares já haviam sido adiantadas, desde 15 de julho, uma medida que Ugarte afirmou ter sido efetiva já que a incidência da doença em crianças e adolescentes diminuiu. Segundo dados do Ministério, esta faixa etária correspondia a 755 dos casos registrados no país e agora são 60% dos infectados.

O Ministério de Educação afirmou que a extensão das férias escolares obrigará uma reformulação do programa escolar nos próximos meses. A pasta ressaltou, contudo, que há tempo e os alunos não perderão horas aulas.

O último comunicado do Ministério de Saúde do Peru contabiliza 2.944 casos da gripe suína no país, dos quais 14 morreram. Com este balanço, Peru é o quarto país sul-americano com maior número de mortes pela nova doença --atrás de Argentina, Chile e Brasil.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) afirmou na semana passada que interrompeu a contagem dos casos devido à velocidade sem precedentes de propagação do vírus e o alto custo do processo.
Sitevip Internet