Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Notícias | Cidades

Advogada presa pela Federal é reincindente; Operação Alfa já prendeu 22 pessoas

19 Jan 2009 - 17:00

Da Redação/Alline Marques e Marcos Coutinho

A advogada Rúbia Ferreti Valente, uma das pessoas presas pela Polícia Federal na Operação Alfa, deflagrada hoje é reincidente e sua situação é delicada por conta desse fato. Ela foi presa em Minas Gerais quando tentava soltar Luiz Gália, membro de uma família de traficantes do município de Mirassol do Oeste, com um alvará falso. 

Segundo apurou o Olhar Direto, 22 pessoas já foram presas em Mato Grosso e R$ 35,07 mil foram apreendidos, além de 13 veiculos quatro armas.

Marta Gália, irmã de Luiz Gália, também presa pela PF hoje, é outra em situação crítica, pois ela já responde por um processo de tráfico de drogas. Dejanira Gália, de 60 anos, matriarca do clã do tráfico, que é considerado o principal da região de Mirassol, está foragida, segundo informaram fontes da Polícia Federal.

O esposo de Rúbia Valente, Wanderlei José Valente, também está preso. Os dois foram presos em Cáceres (198 km distante de Cuiabá). Todos estão com prisão temporária decretada. 

Na lista de presos, segundo apurou o Olhar com base em informações policiais, constam as seguintes pessoas: 

Cleber Simões Duarte
Claiton Simões Duarte (irmãos, ambos presos em Curvelândia)
Sidnei Alves Martins
Helena Rodrigues 
Alexandro Balbueno  
Andréia Balbueno
Robson Pereira da Silva (esposo de Andréia)
Wagner da Silva
Jorge de Souza 
Rúbia Ferreti Valente (advogada)
Wanderlei José Valente (esposa de Mara Rúbia)
Marta Gália
Ademir da Silva Santos
Credimar da Silva Santos (presos no assentamento Bonsucesso, em Cáceres)

Luiz e Carlos Gália, filhos de Dejanira Gália, estavam presos por tráficos em Minas e em São Paulo, respectivamente.



Mais informações a qualquer instantes
Sitevip Internet