Olhar Direto

Notícias / Esportes

Lippi diz que Itália não precisa de naturalizados

AE

14 Jan 2009 - 21:18

O técnico da seleção italiana, Marcelo Lippi, deu a entender nesta quarta-feira que não deve convocar o atacante Amauri, da Juventus, que está terminando o processo para obter a cidadania italiana. "Nós temos jogadores italianos o suficiente para não precisar entrar nessa discussão", afirmou o treinador.

A declaração do técnico vem semanas depois de o técnico da seleção brasileira, Dunga, admitir que está de olho no jogador, que se transferiu nesta temporada para a Juventus e já marcou 11 gols no Campeonato Italiano. Amauri, de 28 anos, já atuou também por Napoli, Piacenza, Messina, Chievo e Palermo, além do Bellinzona, da Suíça. Brasil e Itália se enfrentam no dia 10 de fevereiro, no Emirates Stadium, em Londres, e voltam a se encontrar em junho, na Copa das Confederações.


Lippi afirmou ainda que ficou contente em saber que o meia Totti se colocou à disposição da seleção, depois de anunciar em 2007 sua retirada. Mas disse que ainda vai pensar se o jogador da Roma merece a convocação. "Sou eu que vou decidir isso", afirmou.