Olhar Direto

Domingo, 19 de setembro de 2021

Notícias | Política BR

desacerto tucano

Aécio diz que prévias são inevitáveis, mas aceita diálogo

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta sexta-feira que as prévias para escolher o candidato do PSDB à Presidência da República em 2010 são inevitáveis. O tucano, porém, não descartou a possibilidade de um entendimento com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), com quem disputa a indicação do partido para concorrer à sucessão presidencial.

"Acredito que sim [as prévias são inevitáveis]. A possibilidade de as prévias não ocorrerem é se não houver disputa. Isso só o tempo dirá. No quadro atual de hoje, as prévias são uma consequência absolutamente natural", disse Aécio em entrevista divulgada por sua assessoria de imprensa.

Questionado sobre a possibilidade de um acordo com Serra antes mesmo das prévias, Aécio disse que o entendimento pode ocorrer antes ou depois das debates. "O importante é que ocorra", disse.

"Não tenho dúvidas de que estaremos juntos na disputa de 2010. Por uma questão básica, fundamental: nós acreditamos que é importante novas práticas de gestão pública serem incorporadas ao Brasil de hoje. Uma nova agenda, mais otimista, mais corajosa do ponto de vista das reformas a serem introduzidas no país. E nós estaremos juntos. Haverá o tempo das discussões internas, haverá o tempo da nossa união", afirmou.

Para o governador mineiro, as prévias devem ser vistas como um "instrumento de mobilização do partido e com muito naturalidade". Aécio defende a construção de uma agenda de atividades nos Estados para discutir propostas para um futuro governo tucano. Serra e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foram convidados para participar dos debates.

Chapa pura

Hoje, o secretário estadual de Desenvolvimento de São Paulo, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), disse ser favorável à uma chapa pura do PSDB para disputar a Presidência da República em 2010. Os nomes mais são os de Serra e Aécio, mas o ex-governador evitou confirmar sua preferência.

"Sou favorável à chapa pura [do PSDB]", disse Alckmin em Santos (SP), onde participou do Congresso Estadual de Municípios.

Questionado se a chapa pura seria entre Serra e Aécio, Alckmin desconversou. "Isso não precisa ser decidido agora. O nosso nome de São Paulo é o Serra. Mas não precisa ser decidido agora. Pode ficar para o fim do ano", disse.

Ontem, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse que o partido vai se reunir nos próximos dias para definir o cronograma das prévias internas.

A realização sobre prévias ainda não está totalmente decidida dentro do PSDB. O grupo de Aécio é defensor das prévias. Mas o grupo de apoio de Serra defende um entendimento interno sem a necessidade de
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet