Olhar Direto

Quarta-feira, 05 de agosto de 2020

Notícias / Cultura

Amigas há 78 anos, centenárias se emocionam durante o reencontro

Da Redação - Lucas Bólico

01 Nov 2011 - 16:17

Foto: Lucas Bólico/OD

Dona Zilza (esquerda) em reencontro com Nympha (direita).

Dona Zilza (esquerda) em reencontro com Nympha (direita).

Amigas há nada menos que 78 anos, as matriarcas de duas tradicionais famílias de Mato Grosso tiveram um encontro emocionante, na tarde da última sexta-feira (28), em Cuiabá. Nympha Escolástica da Silva e Hermínia Infantino Coutinho não se viam desde 2005. Nympha completa 100 anos no dia primeiro de novembro e dona Hermínia – é melhor chamá-la de Zilza, avisam os filhos logo de cara – completará 93 no início do próximo ano.

“Somos irmãs”, disse dona Nympha entre um abraço e outro. Nem precisava falar. O afeto era visível. Entre sorrisos, toques, abraços e beijos, de vez em quando ambas se desligavam do papo que reinava na sala da casa dos Coutinho e adentravam em uma conversa paralela. Um papo só delas. Dona Zilza falava baixinho, como lhe é característico, e Nympha respondia conforme seu ouvido cansado havia permitido escutar. O importante é que se entendiam.

Zilza e Nympha apesar da afinidade são bem diferentes. A primeira, por exemplo, não segurou o choro ao cantar uma música religiosa para a amiga. A segunda não segurou a língua na hora de soltar suas piadas com pitadas de malícia. A mente de dona Nympha era a mais ligeira daquela sala. Rápida no gatilho, respondia qualquer ‘provocação’ com um verso maroto. A amiga se desmanchava em um riso gostoso e sincero.

Quando se conheceram, Nympha tinha 22 anos e Zilza 14. O encontro foi por conta de um curso de costura que ambas faziam aqui em Cuiabá. Nympha veio de Santo Antônio de Leverger para aprender o ofício e acabou amiga de Zilza. Apesar de o contato entre ambas não ser diário, a amizade perdura.

De um lado, Zilza deu a luz a 10 filhos, todos batizados com a inicial Z. Segundo Zildinete, uma das filhas, o motivo é mais que óbvio: “ela gosta da letra”. Já Nympha, pariu cinco. “Todos vivos”, comemora Edna Lara, um dos herdeiros de Nympha.



O número de netos e bisnetos desafia a memória de ambas, que são viúvas e vivem aos cuidados dos filhos, cada uma ao seu modo. “Eu virei um bebê”, diz Zilza, que guerreiramente sobreviveu a derrames e trombose. Já Nympha se vira sozinha, toma conta de suas coisas e tranca tudo com sua chave. “Não mexo nas coisas dos outros, pra não mexerem nas minhas”, argumenta espirituosa. E não toma remédio. “Antes, o remédio que eu tomava era Bavária. E pra não dizer que não tenho nada, disse pro médico: ‘tenho cinco filhos’”. Dona Zilza cai na gargalhada.

Leia também:

Centenária, Nympha relembra ‘velha Cuiabá’ e conta segredo da vitalidade

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcos José Martins de Siqueira
    03 Nov 2011 às 15:09

    Parabéns ao operoso "site" por nos brindar com tão magnífica página. É que ela nos fêz matar um pouco da saudade que tenhode duas amigas querdas que são a Dª Zilza e a Drª Zildinete, ambas minhas amigas pessoal e, também, de minha mãe e de minha avó. As imagens nela lançadas resgatou imorredoura e gostosas lembranças de nossa convivência que, certamente, jamais se apagará. O frenético cotidiano moderno nos impede do amiúde contato pessoal, daí o porque da importância e beleza da matéria que nos permite essa aproximação. Mas ... Dª Zilza: AMOR é o que se vê na Senhora, parabéns por sua simpatia, grandeza de espirito, altruísmo e alegria de viver. Deus continue abençoando-lhe com saúde e muitos anos de vida.

  • Laurinha
    02 Nov 2011 às 11:44

    Minha avó querida, que Deus te conserve em saúde e paz, e Jesus te ampare em cada passo do caminho. Saudades infinitas!!!

  • SIDNEY P. MACIEL
    01 Nov 2011 às 16:56

    Que Deus abençoe esta senhora e toda a sua familia. A minha mãe foi amiga dela na época da juventude, inclusive foi no seu casamento. Parabéns a todos!!!

  • cacila pires nassarden
    01 Nov 2011 às 16:53

    Tia Zilza ,a Senhora é o exemplo de Resiliência,Consideração e Sabedoria.Resiliência pelo seu dom de resolver as coisas com amor e medido pela compreensão. Consideração pelo enorme desejo de sempre respeitar as pessoas entendendo suas adversidades e especificidades e, Sabedoria ,pela sua imensa capacidadade amar e amar sem pedir nada em troca e sempre acertando no íntimo das pessoas fazendo-as amá-la cada dia mais, na busca incessante de copiar seu modelo. Deus a preserve e multiplique o seu legado.

  • Cinara
    01 Nov 2011 às 16:22

    Parabéns as senhoras centenárias, que Deus as ilumene e guarde.... Sucessos 1000...

  • Renato Coutinho Filho
    29 Out 2011 às 12:35

    Dona ZILZA, grande parente, grande COUTINHO,pessoa amada pela familia COUTINHO,tudo bom, que DEUS ilunine essa bela pessoa, um abraço

  • Lucinei Coutinho Lara
    29 Out 2011 às 09:34

    Pode ser que um dia nos afastemos...Mas, se formos amigos de verdade, a AMIZADE....nos REAPROXIMARÁ....Albert Einstein..Que Jesus continue derramando muitas bençaos.de saúde...e alegrias.. nas amigas.....um abraço especial a Tia Zilza.....´vendo a sua foto senti muitas saudades da minha infancia em Dom Aquino....Recordar é VIVER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Gilci
    29 Out 2011 às 08:43

    Parabéns!! São exemplos de vida pra todos nós e pra essa juventude que não sabe o que dizer e viver. Já diziam os poetas, o amor é tudo mas quem tem amigos tem tudo.

  • Lisardo F.
    29 Out 2011 às 07:55

    "O AMIGO (a) É O MAIOR PATRIMÔNIO DA VIDA". Essa máxima e demonstrada, pela amizade e o reencontro das ilustres senhoras, Zilza e Nympha, que nos dá uma lição de que jamais devemos, romper com nossas origens. Parabéns, por mais esse ensinamento, que nos proporcionaram.

  • Nana
    28 Out 2011 às 23:43

    Não as conheço mas achei a reportagem muito linda. Parabenizo aos familiares da Sra. Nympha que dessa forma mostram que valorizam as suas raízes, e ao site olhar direto que nos emocionou com uma reportagem tão linda. Penso que todas as famílias deveriam valorizar os seus idosos, e a mídia também, no sentido de buscar mais notícias sobre idosos pois eles são a verdadeira inteligência da atualidade. Falo isso pq vi esta reportagem no dia 27 em que a dona Nympha aparecia sozinha, e vi novamente hoje quando ela aparecia junto com a amiga. Nossa, a fisionomia dela hoje na foto junto com a amiga era outra. Muito mais feliz, mais rejuvenescida, muito lindinha. Novamente, parabéns a família e ao site que nos proporcionou uma reportagem tão maravilhosa.

Sitevip Internet