Olhar Direto

Segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

TV denuncia vereador de pedofilia; Câmara diz não saber

De Sinop - Alexandre Alves

02 Mar 2012 - 15:00

A Câmara de Sorriso (412 km de Cuiabá) divulgou nota, hoje, rebatendo informações  divulgadas em um programa de televisão de que naquele Poder Legislativo um vereador estava cometendo pedofilia e ninguém tomou providências até agora. “Esclarecemos que não é de conhecimento deste Poder a existência de vereador que compõe este parlamento que está ou foi acusado de prática do crime de pedofilia”, pontua o documento.

A nota, assinada pela presidente Marisa de Fátima dos Santos Netto e vereadores, atesta que o Poder Legislativo de Sorriso repudia a pedofilia e, em nenhum momento, a Câmara se omitiria ou encobertaria a prática de qualquer ato ilegal, “principalmente dentro de suas dependências, haja vista, que esta Casa de Leis prima pela legalidade, transparência, moralidade, ética e pela defesa de seus munícipes”, relatasse.

Segundo a presidente da casa, um pedido de posicionamento do Ministério Público será formalizado. “Salientamos que a Corregedoria desta Casa, bem como, os vereadores abaixo assinados que integram o Legislativo Municipal de Sorriso, solicitaram ao Ministério Público que tome providências em relação às declarações”.

A denúncia de suposta pedofilia cometida por um vereador sorrisense foi veiculada no programa “Cidade Alerta”, da TV Record, que é dirigida pela esposa do ex-vereador Chagas Abrantes (PR), Filomena Alves do Nascimento Abrantes. Chagas, que é o apresentador do programa, teve o mandato cassado no ano passado, sob acusação de ter participado de suposta cobrança de propina ao prefeito Clomir Bedin (PMDB) para aprovar projetos de Lei e as contas da prefeitura.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet