Olhar Direto

Domingo, 23 de fevereiro de 2020

Notícias / Universo Jurídico

STF abre inquérito para investigar deputado

Conjur

22 Mar 2009 - 09:30

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Menezes Direito, reautuou como inquérito o pedido de investigação contra o deputado federal Ernandes Amorim (PTB-RO). Ele é acusado de destruir floresta permanente na região amazônica, em fazendas que seriam de sua propriedade.

A Procuradoria-Geral da República entende que há “fundados indícios dos delitos ambientais”. O ministro Menezes Direito acolheu o pedido da PGR.

O ministro afirma que um laudo do Ministério Público de Rondônia apurou que os danos causados à floresta são de responsabilidade do deputado, proprietário de áreas vizinhas à unidade de conservação onde aconteceu parte do desmatamento.

O inquérito foi instaurado pela Polícia Federal em Rondônia, para apurar suposta prática de crimes contra o meio ambiente. De acordo com os autos, foram desmatados 1,6 mil hectares da Floresta Amazônica. Segundo o MP, uma das áreas foi transformada em pastagem de gado, impedindo a regeneração da floresta derrubada. Com informações da Assessoria de Imprensa do Supremo Tribunal Federal.