Olhar Direto

Notícias / Política MT

Investigação de venda das ações da Cemat foi pedida por Rogério Salles em 2004

Da Redação - Ronaldo Pacheco

08 Set 2014 - 10:00

Foto: José Luiz Medeiros / Assessoria 'Coragem e Atitude Para Mudar'

Investigação de venda das ações da Cemat foi pedida por Rogério Salles em 2004
 
A defesa do ex-governador e candidato José Rogério Salles (PSDB), que disputa o  Senado pela coligação ‘Coragem e Atitude para Mudar’, encabeçada pelo senador José Pedro Taques (PDT), assegura que nada tem a esconder sobre a suposta fraude na venda de ações da Centrais Elétricas Mato-Grossenses (Cemat), para o grupo Rede, em leilão na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro,  ocorrida em 1997. O principal argumento o candidato a senador, em release enviado pela assessoria, é o de que o então governador Rogério Salles solicitou a investigação, já em 2004, quando não era mais governador – em 2002, comandou o Estado por nove meses, quando substituiu o governador Dante de Oliveira.  
 
A defesa observa que documentos anexados na matéria abaixo, Rogério Salles e o ex-secretário da Fazenda, Fausto de Souza Faria, solicitaram a abertura de inquérito no dia 7 de junho de 2004, e o pedido foi atendido pelo delegado de polícia Luciano Inácio da Silva no dia 30 de junho de 2004.
 
O delegado responsável pelo inquérito,  afirma em relatório que tomou conhecimento do fato depois da solicitação de instauração de inquérito policial para apuração dos fatos através de Rogério Salles.
 
“A notícia crime aportou nesta unidade policial em 15 de junho de 2004 e, veio formatada nos moldes de uma representação criminal na qual José Rogério Salles, ex-governador deste Estado, e Fausto de Souza Faria, ex-secretário de Fazenda, narram o ocorrido e solicitam instauração de inquérito policial para apuração dos fatos”, relata o delegado no relatório.
 
Além disso, ele deixa claro na última página do relatório, que em nenhum momento ficou constatado que Rogério Salles tenha tido alguma vantagem na venda das ações, o que sugere que não houve dolo ao erário público. O delegado pede a exclusão de responsabilidade penal do candidato no caso, pois entende que ele não teve culpa.
 
“Embora, Fausto de Souza Farias e José Rogério Salles, tenham assinado a ordem de transferência das ações, não ficou constatado, até o momento, que tenham tido alguma vantagem nesse negócio, fato que sugere a inexistência de dolo. E, considerando que se trata de estelionato, a falta do dolo, exclui a responsabilidade penal, pois nesse crime não opera de forma culposa”, conclui o relatório.
 

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Juca Pirama
    09 Set 2014 às 11:06

    O Uelintom gostava muito de ser deputado, sempre saia candidato e junto com mais sete, ele se elegia, mesmo não sendo grande coisa, daí, num belo dia, ele achou que seria fácil ser senador, só que ele se esqueceu que aí seria só uma vaga e que só ganharia quem tivesse um trabalho bom e serio para mostrar pros eleitores, daí, não poderia ser um dos bons candidatos, teria que ser melhor que os outros, se fosse só um candidato que falasse que faz, mas que não faz igual a ele, não ganharia, daí ele perdeu. Quem representa mal os interesses dos eleitores, mais dia menos dia, vê a caravana passar e só aí vai perceber que caiu.

  • Lauro Santos
    08 Set 2014 às 23:56

    Desespero é a palavra, afinal ter de largar a teta do Denit e da Sinfra dói. Denit e Sinfra de volta aos brasileiros e aos matogrossenses

  • nerioo
    08 Set 2014 às 20:10

    É.. o candidato verde está desesperado, agora o jeito é bombardear de todo lado! Mas o povo não cai mais nessa não! Meu voto é do Rogério!

  • ELI
    08 Set 2014 às 16:03

    Conheço a família SALLES a quase três décadas. Pessoal íntegro e que prezam a honestidade. Não conheço nada que desabone a conduta do Rogério Salles. Votarei nele porque sei que é um dos poucos políticos em que posso confiar.

  • josivaldo alves
    08 Set 2014 às 14:59

    welton esta baixando o nivel porque já esta com medo de perder e vai perder para o rogério nunca ouvi falar nada de imoralidade de rogerio o medo faz coisa né

  • Felipe Neto
    08 Set 2014 às 14:00

    É rogério , a casa caiu . Só vi o senhor falando e falando nunca vi nenhum trabalho seu e nem fazendo nada por Mato Grosso , eleitor bom é aquele que vota no certo e o certo é Wellington Fagundes

  • Pietro
    08 Set 2014 às 13:58

    Tem as provas e ainda falam que é desespero do Wellington? Pelo oque eu vi até agora o Wellington que esta sendo atacado pelo Salles..

  • Tonny
    08 Set 2014 às 13:37

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Paulo Rós
    08 Set 2014 às 12:44

    Muito engraçado, depois de 10 anos, só agora vieram com essas calúnias, muito oportuno, isso é tipico de quem esta caindo no Ibope, candidato tem que trabalhar apresentar algo real para o eleitorado e quando for acusar o adversário, faça com algo concreto. Rogério é um dos únicos políticos éticos que ainda sobrevivem nessa mar de corrupção.

  • Paulo Rós
    08 Set 2014 às 12:44

    Muito engraçado, depois de 10 anos, só agora vieram com essas calúnias, muito oportuno, isso é tipico de quem esta caindo no Ibope, candidato tem que trabalhar apresentar algo real para o eleitorado e quando for acusar o adversário, faça com algo concreto. Rogério é um dos únicos políticos éticos que ainda sobrevivem nessa mar de corrupção.

Sitevip Internet