Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Taques se reúne com pedetistas em Brasília e deve declarar apoio a Aécio

Da Redação - Raoni Ricci

08 Out 2014 - 07:57

Foto: Reprodução

Taques se reúne com pedetistas em Brasília e deve declarar apoio a Aécio
O governador eleito, Pedro Taques (PDT), viajou hoje (08) para Brasília, onde se reúne com um seleto grupo de pedetistas para discutir uma postura no 2º turno das eleições. O PDT faz parte do governo e integra o arco de aliança que busca a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), porém, Taques e alguns membros do partido trabalharam contra a presidenciável petista no 1º turno.

Leia mais
Taques evita declarar apoio a Aécio e dispara: "se cumprir a lei for vingança eu serei um vingado"

Ontem (07), Pedro Taques evitou dar qualquer declaração de forma isolada, explicando que se reuniria nesta quarta-feira com os correligionários que integram o seu grupo político dentro do PDT. "Vou à Brasília para uma conversa marcada com Cristovam, Reguffe e Acir para que possamos conversar. Todos sabem a minha posião aqui no 1º turno, mas eu preciso conversar com o meu grupo político", enfatizou o pedetista. 

No encontro devem estar presentes o senadores Acir Gurgacs, reeleito em Rondônia, Cirstovam Buarque, que é senador pelo Distrito Federal (DF), e José Refuffe, recém eleito também pelo DF. A tendência é que esse grupo declare apoio ainda hoje ao senador Aécio Neves, que contrariou todas as pesquisa e levou a eleição para o 2º turno com Dilma. 

No primeiro turno, Taques apoiou e foi apoiado por vários candidatos a presidência da república dos 13 partidos que formaram sua coligação vitoriosa. Aécio e Marina Silva (PSB) gravaram para os últimos programas do pedetista. O tucano esteve em Cuiabá durante a campanha e caminhou ao lado de Taques, Rogério Salles PSDB) e o presidente do PSDB em Mato Grosso, o deputado federal NIlson Leitão. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet