Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Alexandre César é cotado para presidir CPI de Eraí; Riva prefere ser apenas membro

Da Reportagem Local - Raoni Ricci

17 Out 2014 - 11:00

Foto: Widson Maradona/AL-MT

Alexandre César é cotado para presidir CPI de Eraí; Riva prefere ser apenas membro
O deputado estadual Alexandre César (PT) é o nome mais cotado para assumir a presidência da CPI do Eraí, proposta pelo social democrata José Riva para investigar denúncias de crimes de fraudes fiscais que teriam sido praticados pela Cooperativa Agroindustrial de Mato Grosso (Cooamat), que tem o empresário Eraí Maggi (PP) como um dos sócios. Os nomes dos membros serão anunciados na próxima terça-feira (20), após indicação dos partidos.

Leia mais 
Silval volta a liberar recursos para municípios e espera passar governo ‘no azul’
 
Autor do pedido de investigação, José Riva confirmou que Alexandre tem plenas condições de assumir a presidência da CPI. “Eu disse ao Alexandre que se ele assumir vai dar muito mais isenção aos trabalhos. Não faço questão de ser relator nem presidente, quero ser membro, porém, se for necessário, posso ser tanto presidente como relator”, garantiu Riva.
 
O parlamentar explicou que a Assembleia Legislativa precisa dar 5 dias para que os partidos indiquem os nomes, sob risco de ter os trabalhos anulados. “O Regimento é claro, temos que dar 5 dias para que os partidos indiquem os membros, se isso não acontecer, o presidente indica. Se esses prazos não forem seguidos, os partidos podem derrubar a CPI por um erro formal. Independente disso estamos recebendo os documento e trabalhando para que em um prazo de 60 dias apresentarmos resultados”, ponderou o social democrata.
 
José Riva ainda afirmou que o parlamento estadual precisa dar um voto de confiança para o futuro governador do estado, Pedro Taques (PDT). “A Assembleia tem que dar um crédito ao governador Pedro Taques. A população quer mudança. Da minha parte, todas as mudanças que forem propostas eu vou ajudar”, declarou. Principal alvo da CPI, Eraí Maggi foi um dos principais doadores da campanha vitoriosa de Taques.  

Comentários no Facebook

Sitevip Internet