Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Governador vai estudar desempenho e pode manter OSS implantadas na gestão Pedro Henry

Da Reportagem Local - Raoni Ricci

05 Jan 2015 - 11:42

Foto: José Medeiros/Secom-MT

Governador vai estudar desempenho e pode manter OSS implantadas na gestão Pedro Henry
O governador Pedro Taques (PDT) afirmou hoje (04) que vai avaliar, em separado, o desempenho das Organizações Sociais de Saúde (OSS) que operam em Mato Grosso antes de tomar qualquer decisão de rompimento dos contratos. Os servidores são contra e defendem o fim do modelo de gestão implantando na gestão de Silval Barbosa (PMDB) pelo ex-secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry, porém terão que esperar por uma análise detalhada do novo governo.

Leia mais
Acabar com OS da Saúde é ponto pacífico de todos os candidatos ao Governo
Pedro Taques critica gestão PT na educação e promete fim de parcerias para saúde


“Não sou geneticamente contra as OSS, sou contra a picaretagem, malandragem, mal feito. Não quero generalizar, existem OSS que desenvolvem seus trabalhos com decência, é assim em Santa Catarina, São Paulo. Alguns têm me elogiado em Rondonópolis, o próprio prefeito [Percival Muniz] elogiou o serviço prestado. Agora, eu li relatórios do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que indicam que o Ipas pagou processos que não foram executados”, detalhou o governador.
 
Taques explicou que sempre se posicionou de forma contrária ao modelo das OSS, defendendo a saúde pública, o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), porém, hoje, como administrador de um Estado com sérios problemas financeiros, precisa avaliar a realidade com racionalidade.
 
“Não podemos de afogadilho sustar os contratos, precisamos de um período de transição. Eu, academicamente, defendi as OSS fora do sistema. Como político eu fui um dos primeiros a defender isso, mas hoje sou administrador do Estado e precisamos analisar caso a caso para de forma pontual possamos dar uma resposta a sociedade”, argumentou o chefe do Executivo Estadual.   
 
O governador visitou hoje a sede da Secretaria de Estado de Saúde (SES), na companhia do secretário de Fazenda, Paulo Brustolin, e de Projetos Estratégicos, Gustavo Oliveira, onde se reuniu com o secretário de Estado de Saúde, Marco Bertúlio, e toda sua equipe. Depois desceu ao saguão da secretaria e conversou com os servidores. No seu discurso, Taques disse que a Saúde é um dos principais motivos de ter entrado para a política e prometeu dar prioridade máxima ao setor no seu governo. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet