Olhar Direto

Segunda-feira, 22 de abril de 2019

Notícias / Política MT

Paulo Brustolin descarta rombo, mas anuncia ações para recuperar quase R$ 200 milhões

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco/ Da Redação - Wesley Santiago

13 Mar 2015 - 15:37

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Paulo Brustolin descarta rombo, mas anuncia ações para recuperar quase R$ 200 milhões
O Governo de Mato Grosso anunciou providências para recuperação judicial de R$ 101 milhões referente as fraudes detectadas na conta única do Estado e também a revisão de R$ 95 milhões de conciliação contábil pendente. O secretário de Estado de Fazenda, Paulo Brustolin, descartou que houvesse rombo, mas prometeu cobrar judicialmente, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), as empresas envolvidas no esquema. 

Leia mais:
Secretários de Taques vão a Assembleia tirar dúvidas de deputados para destravar projeto de reforma administrativa
 
Os secretários Paulo Brustolin, Carlos Rocha (secretário adjunto do Tesouro Nacional) e o procurador Patryck Ayala vão protocolizar no MPE (Ministério Público Estadual), no TCE (Tribunal de Contas do Estado) e na CGE (Controladoria Geral do Estado) nas próximas segunda e terça feira um pedido de providências. Ao mesmo tempo, o Cira (Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos) irá fazer os procedimentos legais para recuperação dos R$ 101 milhões.  Auditoria realizada no Tesouro Estadual detectou que 12 pessoas jurídicas foram beneficiadas com dinheiro público, além de 41 pessoas físicas.
 
Diante desta situação, o governo tomou diversas providências para solucionar as vulnerabilidades encontradas. O executivo proibiu qualquer pagamento via ofício e os usuários genéricos do cadastro do Fiplan (Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças) foram desativados, mais de 100 servidores não entram mais no sistema. Também será feita uma restrição do NEX, que é um mecanismo utilizado pelo governo quando a LOA (Lei Orçamentária Anual) não está aberta, para casos de emergência e excepcionalidades.
 
O mecanismo foi usado com frequência no governo passado.  “O NEX ficará restrito para situações em que cabe o seu uso”, garantiu Brustolin. A equipe econômica do governo de Pedro Taques (PDT) estuda a contratação de uma consultoria, provavelmente internacional, para revisão de processos constantes no decreto 04/2015, que tem como objetivo a recomposição do equilíbrio financeiro-orçamentário da administração pública.
 
O Cira, que auxiliará nas ações, foi criado em fevereiro desde ano com a finalidade de propor medidas judiciais e administrativas para o aprimoramento das ações e da efetividade na recuperação de ativos de titularidade do Estado.

*Atualizada 17h01

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • vai que cola
    18 Mar 2015 às 16:18

    Na SEFAZ começou a farra do boi, antes não podia terceirizado na arrecadação e financeiro, mas o secretário atual contrata e a orientação do TCE como fica???Não fica, ta estranho tudo isso né secretário!!!!

  • vai que cola
    18 Mar 2015 às 16:18

    Na SEFAZ começou a farra do boi, antes não podia terceirizado na arrecadação e financeiro, mas o secretário atual contrata e a orientação do TCE como fica???Não fica, ta estranho tudo isso né secretário!!!!

  • ze alfredo
    14 Mar 2015 às 03:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • R.P
    13 Mar 2015 às 21:02

    Francamente há aí uma incongruência que, no mínimo, deve ser melhor explicada: se houve rombo.... necessariamente existem culpados... se não. onde estão os 200,0mi.. com sumiram? onde estão? Sou obrigado a concordar com o Luis... Estão batendo longos e proveitosos papos com cavalos ..éguas...mulas e principalmente burrooorroooos rsrsrsrsrsrsrsrrs

  • Sergio Alves
    13 Mar 2015 às 20:08

    Muitas fotos, muitas poses, muitos gráficos, mais o mais importante não conseguiram mostrar, isso não convense ninguem, Veja a cara do secretário, parece muito, mais muito perdido, Falaram que ja tinham encontrado um rombo de mais de 200 milhôes, agora vem dizer que o ROMBO ESTA DESCARTADO. Esse pessoal do pedro taxi só joga para a midia mesmo.. é só papo furado

  • renato mello
    13 Mar 2015 às 20:03

    Que vergonha, falaram que ja tinha encontrado um ROMBO MAIOR DO MUNDO, agora vem dizer que não tem o rombo esta descartado, Descartado esta essas auditorias sem fim, que não leva a nada, não consegue encontrar culpados, só fica fazendo terrorismo de informação. Eu acho que esta na hora de trabalhar, não só ficar esperando . o dinheiro cair na conta do governo (com arrecadações altas) e com os pagamentos congelados, logico que daqui a pouco os cofres estarão cheios, O Meu medo é o que eles vão fazer com essa grande arrecadaçao ...........Quem nunca mexeu com melado, quando mexe se lambuza...Cuidado Pedro Promessa

  • contribuinte
    13 Mar 2015 às 19:35

    Muito bom ficamos discutindo a redação enquanto isso mais contrações: gastos! Deixa pra lá, ninguém vai pagar mesmo.... WS não pagou nem a multa de 80,00 mirréis. Essa auditoria vai ser mais caro!

  • jui
    13 Mar 2015 às 19:29

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • azzipj
    13 Mar 2015 às 18:30

    Bonitas fotos, apresentação impecável, mais cade o dinheiro que se diziam ter sumido dos cofre publico de Mato Grosso. Apresentação não serve para nada, vezes nada!!!!!

  • LUIZ
    13 Mar 2015 às 17:23

    UAI, ANTES HAVIA ROMBO DE 200 MILHOES, AGORA NAO TEM MAIS?? COMO DIZIA MINHA AVÓ QUEM MUITO FALA DÁ BOM DIA A CAVALO. SEJAM JUSTOS E COERENTES, SE CONTINUAR ASSIM VÃO CAIR EM DESCRÉDITO.

Sitevip Internet